A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

25/12/2008 13:54

Jacini confirma que presídio recebeu membros do PCC

Redação

O secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, confirmou a transferência de presos ligados ao PCC para o Instituto Penal de Campo Grande e admitiu que a entrada de membros da facção foi um erro.

Mas segundo ele, na primeira triagem feita pelo setor de inteligência da Agepen (Agência do ssitema Penitenciário) não foi detectada qualquer relação dos detentos com o Primeiro Comando. Jacini garante que quando a ligação veio à tona, os integrantes do PCC foram transferidos.

"Temos muito cuidado para evitar que grupos rivais sejam levados para a mesma unidade. Mas não foi detectado isso na primeira checagem. Há duas semanas, o Tarley (diretor do IPCG) identificou e fez a transferência imediata deles", garantiu.

Também há cerca de duas semanas, o sindicato dos agentes penitenciários informou ter procurado a Sejusp para alertar o secretário sobre a tensão isntalada no IPCG após a transferência de presos do PCC que cumpriam pena no Segurança Máxima. A possibilidade de conflito foi destacada durante reunião.

O líder do movimento, em conversa ontem via celular com o Campo Grande News, citou os nomes dos presos Milton da Mota e de outro identificado apenas como Juninho com articuladores da facção criminosa na unidade. Segundo ele, os três estão presos na unidade.

Tarley Barbosa confirmou a presença deles no Instituto Penal.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions