A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

23/10/2010 19:52

Jovem tenta agredir médicos em posto no Coronel Antonino

Redação

O jovem Rafael Neves Alves, 28 anos, foi detido hoje por policiais militares, após tentar agredir enfermeiros e médicos na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Coronel Antonino, localizada na rua Doutor Meireles, bairro Monte Castelo, em Campo Grande.

De acordo com ocorrência registrada na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), a Polícia Militar foi acionada pelo Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) para se deslocar até a unidade de saúde e tentar controlar a situação.

Na UPA Coronel Antonino, os policiais foram informados por um guarda municipal de que, por volta das 17h, Rafael chegou ao local num veículo Gol, de cor cinza. Ele foi socorrido por quatro enfermeiros, que o retiraram do carro e o puseram sobre uma maca.

Rafael apresentava escoriações no joelho direito, pé direito, nos cotovelos, mão esquerda e no interior da boca. Por esse motivo ele foi socorrido rapidamente até a sala de emergência, conforme ocorrência registrada na Depac.

A princípio o rapaz estava calmo, mas na sala de emergência começou a agredir os enfermeiros. O guarda municipal foi chamado para conter a fúria do jovem e pediu que ele se acalmasse, momento em que Rafael passou a xingá-lo, chegando ao ponto de dizer que iria matá-lo.

Os xingamentos então passaram a ser feitos contra os médicos e enfermeiros. A polícia chegou ao local e no momento em que prendia o rapaz, foi ameaçada por ele.

O rapaz disse à polícia que pertencia ao PCC (Primeiro Comando da Capital) e frisou que "daria uma rajada de metralhadora na cabeça deles". A partir daí, Rafael começou a insultar a polícia com diversos xingamentos.

Em contato com a equipe médica da UPA, os policiais militares foram informados de que Rafael foi submetido ao atendimento necessário e que já poderia ser liberado do local. O jovem foi conduzido até a viatura policial, quando desferiu um golpe com a cabeça em direção ao rosto de um soldado da Polícia Militar.

Apesar da resistência de Rafael, ele foi contido e encaminhado à Depac sem nenhuma lesão por parte da polícia. Os policiais ainda entraram em contato com a família do rapaz, recebendo a informação de que ele tinha sofrido uma queda, porém, os familiares não souberam explicar as circunstâncias em que o fato ocorreu.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions