A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

24/11/2009 14:46

Juiz bloqueia bens de acusados de desviar R$ 535 mil

Redação

O juiz de Miranda, Luiz Felipe Medeiros Vieira, aceitou a denúncia criminal e tornou indisponíveis os bens dos seis envolvidos no desvio de R$ 535 mil da Prefeitura Municipal de Miranda, a 205 quilômetros de Campo Grande. A denúncia foi feita pelo promotor Nicolau Bacarji Júnior, que concluiu a investigação em 10 dias e antes da publicação do edital da abertura do inquérito no Diário Oficial de Justiça.

Se tornaram réus por formação de quadrilha, falsidade ideológica, peculato e lavagem de dinheiro o ex-chefe de Recursos Humanos da prefeitura, Rayfer Almeida Prado, seu pai, João Aparecido do Prado, Thays Neli da Silva Florenzano, Homero Flávio Florenzano, Wilson da Silva Cardozo e Alex Fausto Nantes Cano.

O magistrado ainda determinou, na ação por improbidade administrativa, indisponíveis os bens dos seis envolvidos no desvio. O despacho do magistrado ocorreu no dia 17 de novembro, um dia depois do MPE (Ministério Público Estadual) protocolar a denúncia.

Eles desviaram R$ 535 mil, conforme o promotor. Foram mais de 100 desvios entre 2007 e 2009, sendo R$ 261,4 mil de Rayfer Prado, R$ 204,6 mil de João Prado, R$ 48,7 mil de Homero da Silva Florenzano, R$ 18 mil do casal Thays e Alex Fausto e R$ 2,9 mil de Wilson Cardozo.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions