A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

26/02/2008 19:25

Juiz condena envolvidos em esquema de roubo de caminhões

Redação

Oito envolvidos em esquema de roubo e receptação de caminhões em Mato Grosso do Sul, São Paulo e Goiás foram condenados por receptação, formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva e falsidade ideológica. A sentença do juiz Albino Coimbra Neto, da Vara Criminal de Três Lagoas, a 326 quilômetros de Campo Grande, foi expedida na última semana. Os oito condenados receberam penas que variam de 5 meses a 16 anos de prisão.

Todos os envolvidos foram presos por em ação da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e MPE (Ministério Público Estadual) na chamada Operação Medeia. Eles agiram no Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de Três Lagoas. Estão presos: Edvaldo Alves da Silva, Arlindo de Souza Farias, Almy Estozi da Silva, Francisco das Chagas Ferreira Carrilho, Vlademir Carlos Fernandes, Miriele Patrícia Lima Del Bianco, Reginaldo Cézer Bersani e Valter Alves de Souza. A investigação levou 8 meses para ser concluída e começou a partir da prisão de um assaltante de caminhões.

No mês de dezembro de 2006, foram expedidos dez mandados de prisão e 35 mandados de busca e apreensão, dos quais oito em estabelecimentos comerciais e residências e 27 para veículos utilizados pela quadrilha. Foram apreendidos 20 caminhões, caminhonetes e outros veículos, que após perícia foram e retidos na unidade do Exército de Três Lagoas. Na cidade, quatro pessoas foram presas.

Entre os condenados, Reginaldo Cézer Bersani foi beneficiado com a delação premiada. Ele é servidor público do Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) e, segundo os autos, agiu com voluntariedade, indicou corruptores, foi ao órgão para obtenção de provas documentais, auxiliou pessoalmente na busca e apreensão dos documentos comprovatórios da ação criminosa e ajudou no desmantelamento da quadrilha.

A delação premiada rendeu a Bersani a redução da pena, que era de 9 anos e seis meses de reclusão com 72 dias-multa em 2/3. Dessa forma, a pena ficou em 3anos e dois meses de reclusão, com regime inicial de cumprimento de pena aberto.  Ele ainda vai prestar serviços para entidades assistenciais do município como parte da pena.

Veículos

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions