A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 21 de Novembro de 2018

12/07/2009 20:41

Juíza proíbe divulgação de gravações da Owari

Redação

Decisão da juíza Dileta Terezinha Thomaz, da 1ª Vara Criminal de Dourados, neste domingo, impede a publicação de textos com o conteúdo de conversas gravadas durante a apuração da operação Owari (ponto final, em japonês), que foi responsável por prender 42 pessoas em Mato Grosso do Sul.

Segundo o site Dourados News, a juíza argumentou que a divulgação das conversas não tem fundamentação legal "uma vez que se caracterizam por gravações a partir de escuta telefônica, recurso que ainda não encontra respaldo do Poder Judiciário".

Durante a semana que se passou foram divulgados trechos de conversações que motivaram as detenções feitas pela Polícia Federal.

STJ mantém foro privilegiado de desembargadores
A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu hoje (21) manter o foro por prerrogativa de função, conhecido como foro privilegiado, ...
Alunos tem até amanhã para preencher questionário do Enade
Termina amanhã (21) o prazo para que os acadêmicos inscritos no Enade 2018 respondam o Questionário do Estudante. Os alunos que não preencherem o que...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions