A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

23/10/2009 07:36

Julgado na 5ª acusado de matar interno que bateu Fusca

Redação

Vai a júri popular a partir das 8 horas da próxima quinta-feira (29), em Campo Grande, Natalino Ferreira, 41 anos, que é acusado de homicídio.

Ele é acusado de matar Clair Martins dos Santos, que era interno da Colônia Penal Agrícola, a facadas no dia 8 de fevereiro deste ano. O motivo do crime foi um Fusca, ano 1972, em péssimo estado de conservação.

O júri será presidido pelo juiz Carlos Alberto Garcete, da 1ª Vara do Tribunal do Júri. Natalino aguarda o julgamento preso.

De acordo com divulgado pela Polícia Civil na época do crime, Natalino e Clair ingeriam bebidas alcoólicas juntos em um bar do Jardim Carioca, por volta das 18h. Horário que Clair já deveria ter retornado à unidade penal.

Clair pegou o Fusca de Natalino, sem autorização dele, e bateu o veículo logo em seguida em um poste.

Em depoimento à Polícia Civil, após ser preso, Natalino disse que Clair se negou a pagar o prejuízo com a batida do carro e então os dois começaram a discutir.

Natalino pegou então uma faca de açougueiro que estava no assoalho do carro e deu dois golpes no tórax de Clair, que morreu na ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

A Polícia Civil prendeu Natalino na manhã do dia seguinte, na casa dele, no bairro Manoel Taveira. Ele estava foragido da Colônia Penal Agrícola desde 2006, onde cumpria pena por um assassinato que cometeu em 2003.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions