A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Novembro de 2017

19/06/2009 12:56

Justiça aceita denúncia contra 5 policiais da jogatina

Redação

O juiz da Auditoria Militar, Alexandre Antunes da Silva, aceitou a denúncia feita pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) contra cinco policiais militares envolvidos com jogos de azar e presos na Operação Las Vegas. Eles vão continuar no Presídio Militar.

O Ministério Público Estadual denunciou o major Sérgio Roberto Carvalho, que está no Presídio Federal, além do capitão Paulo Roberto Teixeira Xavier, o cabo Marco Massaranduba e o soldado Odilon Ferreira da Silva e o capitão Admilson Cristaldo Barbosa.

Eles foram denunciados com base no artigo 324 do CPM (Código Penal Militar), que é deixar, no exercício da função, de observar a lei, regulamento ou instrução dando causa direta à pratica de ato prejudicial à administração militar.

A pena prevista é de seis meses de reclusão e suspensão do posto ou cargo público por até um ano. A denúncia foi protocolada no dia 17 e aceita ontem por Silva. Eles são acusados de usar a função da PM para cometer crimes e viabilizar as atividades ilícitas.

O magistrado designou o sorteio para o dia 24 deste mês, às 9h30, quando será instalado o Conselho Especial de Justiça.

Em substituição legal na 2ª Vara Criminal de Campo Grande, Alexandre Antunes da Silva também aceitou a denúncia contra os 20 denunciados pelo Gaeco por falsidade ideológica, formação de quadrilha, entre outros, e negou o pedido de prisão preventiva contra Marcelo da Silva Sena.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions