A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

13/06/2008 14:43

Justiça Eleitoral cancela 18,3 mil títulos no Estado

Redação

A Justiça Eleitoral cancelou 18.368 títulos de eleitor em Mato Grosso do Sul. O levantamento foi divulgado hoje pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O Estado teve o quinto menor número de cancelamentos do país.

No ano passado, 14 cidades passaram por revisão eleitoral: Alcinópolis, Angélica, Costa Rica, Douradina, Figueirão, Jateí, Juti, Rochedo, Sonora, Taquarussu, Vicentina Ivinhema, Novo Horizonte do Sul e Sete Quedas.

A revisão é realizada quando o município apresenta o seguinte cenário: número de eleitores superior a 80% da população; total de transferências de títulos 10% maior em relação às transferências do ano anterior; e eleitorado superior ao dobro da população entre dez e quinze anos, somada com os que têm mais de setenta anos.

Em todo Brasil, foram 1,8 milhão de títulos cancelados. A Bahia registrou o maior número de cancelamentos: 667 mil. O segundo lugar ficou com Minas Gerais, que excluiu 11.550 eleitores do cadastro. O Paraná é o terceiro da lista com 128.948 exclusões. Só não houve revisão no Amapá, em Roraima e no Distrito Federal.

O TSE divulga em julho o cadastro com o número de eleitores aptos a votar nas eleições municipais de 5 de outubro. O prazo para alistamento e pedido de transferência de domicílio eleitoral encerrou em 7 de maio, mas o cadastramento dos dados só termina em 27 de junho.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions