A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/07/2008 17:13

Justiça federal manda suspender concurso do UFGD

Redação

A Justiça Federal acolheu o pedido de liminar do MPF (Ministério Público Federal) e mandou suspender o concurso da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), realizado neste ano. Conforme o MPF, o concurso para técnico-administrativo contém uma série de irregularidades.

Nesta semana, mesmo depois de questionamentos do MPF, o concurso foi homologado. Entre as irregularidades apontadas pelo MPF, está o fato de o servidor Marcelo Matias de Almeida, servidor da UFGD, ter integrado a banca elaboradora da prova de conhecimentos especiais para o cargo de Assistente em Administração, da primeira fase do concurso, e que seu irmão, Ricardo Matias de Almeida, foi candidato ao mesmo cargo, tendo sido aprovado na primeira fase.

Na avaliação do MPF, a situação "já é suficiente para justificar a anulação de todo o concurso, uma vez que houve grave ofensa aos princípios constitucionais da legalidade, da impessoalidade, da moralidade e da razoabilidade". O MPF também apurou ainda que o envelope de provas da sala 2003 foi entregue entreaberto. O fato foi relatado por alguns candidatos e registrado em ata pelo fiscal de sala e pelo coordenador de bloco.

Para o MPF, "o fato de os envelopes serem armazenados em caixas lacradas não afasta a irregularidade, já que a abertura das caixas é realizada em momento anterior ao da entrega dos envelopes aos fiscais responsáveis, sendo perfeitamente possível que, nesse intervalo, haja violação do conteúdo dos envelopes, com prejuízo ao sigilo das provas".

Houve, ainda, irregularidades quanto ao recebimento dos recursos, segundo denúncia. Candidatos relataram que a UFGD não aceitou os recursos no dia 26 de maio, embora este fosse o prazo final para a interposição dos mesmos.

Após a recomendação do MPF, a direção da universidade rebateu a denúncia argumentando ter cumprido todos os procedimentos necessários, como o que faz desde a sua criação, para a realização do seu processo vestibular, destacou.

Segundo a reitoria, a adoção de mecanismos de segurança e controle, concomitante a todas as fases do concurso (elaboração e aplicação das provas, publicação dos resultados, avaliação paralela e retro-alimentação do processo), faz parte de um trabalho coordenado pelo Centro de Seleção e supervisionado pela Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da UFGD.

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions