A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

30/03/2013 09:42

Justiça marca audiências de médico e testemunhas sobre briga em parto

Nadyenka Castro

Estão marcadas para os próximos dois meses, audiências sobre a morte de um bebê durante o parto, cujos médicos brigaram na sala de cirurgia. A situação aconteceu há três anos, no hospital público de Ivinhema, a 283 quilômetros de Campo Grande.

A briga foi entre os médicos Sinomar Ricardo e Orozimbo Ruela de Oliveira, no dia 23 de fevereiro de 2010. Gislaine de Matos Rodrigues, 32 anos, chegou ao hospital em trabalho de parto, mas, a filha – que estava com a saúde perfeita – nasceu morta.

O médico em plantão no hospital era Sinomar, mas, foi Orozimbo quem fez o prontuário de Gislaine. Os dois então discutiram sobre quem iria fazer o parto e acabaram brigando a socos e pontapés, na sala de cirurgia. A paciente já havia tomado medicamentos para acelerar o nascimento da filha e um terceiro profissional foi chamado, mas, quando a criança foi retirada da barriga da mãe, já estava morta.

O que era para ser mais uma vida terminou em morte e a briga virou caso de Polícia. Agora, a situação está com a Justiça. Os profissionais da saúde respondem à ação criminal e também por erro médico.

As audiências, todas em Campo Grande, estão marcadas para as seguintes datas: 16 de abril às 15h30min, na 2ª Vara do Tribunal do Júri; 2 de maio às 13h30min na 2ª Vara do Tribunal do Júri; 15 de maio as 13h50min na 1ª Vara do Tribunal do Júri e dia 29 de maio, às 15h50min, também na 1ª Vara do Tribunal do Júri.

A audiência do dia 15 é para interrogatório de Sinomar, que se mudou para o Pará. A prisão dele chegou a ser decretada porque não havia sido localizado. No entanto, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul concedeu habeas corpus preventivo.

Médico envolvido em briga e morte de bebê desaparece
O médico Orozimbo Ruela, 42 anos, não apareceu mais em Ivinhema, cidade distante 293 quilômetros de Campo Grande. A Polícia Civil tem dificuldade de ...
Médico aparece e revida acusações após briga em hospital
Depois de quatro dias calado, o médico Orozimbo Ruela, 42 anos, envolvido em pancadaria dentro do Hospital Municipal de Ivinhema, que terminou com a ...
Prefeito diz que médicos estavam há pouco em Ivinhema
O prefeito de Ivinhema, Renato Câmara (PMDB), informou há pouco ao Campo Grande News que os dois médicos envolvidos em briga que acabou na morte de u...
Médico envolvido em briga e morte acusa rival de aborto
Depois de 26 anos na medicina, o médico Sinomar Ricardo virou protagonista de uma história policial de repercussão nacional, envolvido em um briga de...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions