A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

18/03/2014 20:32

Justiça proibe o repasse de informações processuais por telefone ou e-mail

Alan Diógenes

A CGJ (Corregedoria Geral de Justiça) expediu ontem (17) ofício circular a todos os juízes de Direito e chefes de Cartório de Mato Grosso do Sul, determinando o cumprimento da legalidade da norma que proibi o fornecimento de informações processuais por telefone, fax ou e-mail.

A medida foi solicitada pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) que encontrou problemas no repasse de informações pelos meios de comunicação citados acima.

O órgão também havia pedido a proibição do contato telefônico dos advogados com gabinetes e cartórios. Mas a CGJ não acatou a solicitação, e desta maneira não ficou vedada a comunicação dos advogados com estes locais de trabalho da Justiça.

Justiça absolve réu acusado de homicídio no Aero Rancho
A juíza substituta da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Ana Carolina Miranda de Oliveira, inocentou, nesta terça-feira (18), o réu Thiago ...
Justiça Eleitoral faz atendimento em diversas cidades durante toda a semana
Durante toda esta semana, a Justiça Eleitoral realiza atendimentos em diversas cidades do interior de Mato Grosso do Sul. Os serviços são voltados à ...
Justiça Eleitoral faz atendimento itinerante no Jardim das Hortências amanhã
Neste domingo (16), a Justiça Eleitoral, por meio do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), realiza atendimento itinerante no Ja...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions