A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

20/12/2009 15:58

Justiça prorroga prisão de acusado de matar professor

Redação

O juiz da 1ª Vara de Camapuã, Zidiel Infateno Coutinho, porrogou por mais 30 dias a prisão preventiva do funcionário público Edílson Ribeiro da Silva, 21 anos, acusado de matar o professor de matemática Divani Rodrigues da Silva, 52 anos.

Segundo o magistrado, em decisão de 16 de dezembro deste ano, o pedido foi feito pela Polícia Civil. Os policiais pediram a prorrogação da investigação por mais 30 dias para colher mais provas contra o suspeito.

Para o juiz, o crime teve repercussão social e foi de séria gravidade, o que justifica a manutenção do jovem preso.

Silva foi morto com um fio amarrado no pescoço e foi encontrado no final de novembro, nu sobre a sua cama.

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions