A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/06/2011 14:16

Ladrões de ônibus são presos e soltos na mesma semana, diz PM

Paula Vitorino

Homem foi flagrado roubando ônibus e preso pela PM por cinco dias praticamente consecutivos

Coronel mostra registros de ladrão preso por cinco vezes em outubro, consecutivamente. (Foto: Marcelo Victor) Coronel mostra registros de ladrão preso por cinco vezes em outubro, consecutivamente. (Foto: Marcelo Victor)

O prende e solta de ladrões de ônibus em Campo Grande já se tornou uma constante na rotina do trabalho da Polícia Militar. De acordo com o comandante-geral da PM, coronel Carlos Alberto David dos Santos, é frequente o mesmo autor ser preso, muitas vezes em flagrante, e poucos dias depois ser detido novamente roubando outro ônibus.

“A gente prende, muitos em flagrante, e depois o autor fica solto. Não sabemos o que acontece nesse meio tempo”, revela.

Em outubro do ano passado, um homem foi flagrado roubando ônibus e preso pela PM por cinco dias praticamente consecutivos, no Parque do Lageado. As prisões aconteceram nos dias 13, 14, 15, 16 e 27.

Das 14 prisões feitas no segundo semestre de 2010 na área do 10° Batalhão da PM – região sul, nove foram em flagrante e três eram reincidentes.

Para o coronel, o que mais incomoda é a impunidade. “Com isso temos que fazer o nosso trabalho dobrado”, frisa.

Ainda segundo David, alguns motoristas relatam que os assaltantes já são conhecidos. O perfil da maioria dos ladrões é homem, usuário de drogas e em muitos casos menor de idade.

Soluções - Desde o início deste mês, cerca de 100 policiais militares foram deslocados para fazer segurança dentro dos ônibus. O policiamento é feito por homens fardados ou a paisana. Com as ações, o comandante afirma que houve redução de mais de 80% nos roubos.

Mas o coronel ressalta uma parte da equipe da PM fica sacrificada por conta do trabalho no transporte coletivo e que isso não pode ser feito constantemente.

“É uma equipe que sacrificamos para isso. São policiais que poderiam estar em outros locais fazendo a segurança, mas tem que ficar nos ônibus. Com isso, deixamos áreas de atuação sem assistência. É um sacrifício que não posso fazer para sempre”, alerta.

Durante audiência pública nesta manhã, o comandante afirmou que outras medidas precisam ser tomadas para acabar com a violência no transporte coletivo. A solução apontada pelo coronel é a retirada do dinheiro dos ônibus.

Segundo ele, a maioria dos roubos é de valores pequenos e cometidos por usuários de drogas. “Qualquer valor para o viciado já vale parar comprar uma quantidade de droga”, explica.

Os representantes de órgãos do transporte coletivo decidiram durante a audiência que a partir do dia 26 de agosto o pagamento da tarifa do ônibus só poderá ser feito por meio do cartão.



Senhores , todas vezes que surge assunto DROGAS, DROGADOS, todos só falam prender, outros porque soltar, mas O PANO DE FUNDO, não é cobrado!!
Vão em uma Loteria, peguem um volante de aposta e leiam no VERSO, que uma porcentagem de TODAS APOSTAS é destinada ao Fundo Penitenciário , faltamente parte deste dinheiro deve ser destinado para TRATAMENTOS dos Usuários de Drogas! Mas este assunto não é falado pela Globo, Record, Bandeirantes, SBT, em razão de Quem arrecada, fatalmente desvia para outro local.
Qto ao Comandante da POlícia Militar, sua competência se encerra na função do policial militar, a Justiça está sob leis, cabe Juiz decidir, se liberta o drogado, pois se tivesse local de tratamento, creio que ele determinaria que o drogado fosse internado.
 
Carlos Alberto-Gonçalves em 16/06/2011 12:01:16
"Não Acho q tirar o dinheiro Dos onibus seria a melhor das soluções, pois a partir do momento que nao tiver o dinheiro nos onibus, a bandidagem vai partir pra cima Dos passageiros o que podera piorar a situação, pois esses bandidos não irão com as mãos vazias. Ainda sustento a opinião de que esses ladroes deveriam ter dedos, mãos e Braços amputados ate pararem de roubar ou morrerem. Com certeza iriamos ver muita gente sem os braços e com isso parariam de roubar."

Lucy Santos em 16 de junho de 2011 - quinta às 06:34

Não concordo com a punição sugerida pela Lucy é uma maldade, pois nos politicos ficariam MANETAS, e não poderiam assinar novas leis que beneficiam a bandidagem... E como ficaria a criação e aumento dos impostos???? Corja....
 
Gladimir S Nascumnero em 16/06/2011 11:49:52
Pq esse irresponsavel que desfaz o trabalho da PM soltando ladrões, nao pega esses marginais e leva para dentro da casa dele, pq se acha que pode ficar solto na sociedade, que fique com ele. Pq nós cidadões de bem temos que aturar esses marginais, roubando tirando o sustento das familias....ja que ta assim prende e solta, a solução seria nao prender mais e sim cortar o mal pela raiz.....Esperamos mais segurança e comprometimento com a população.
 
Dayany de oliveira em 16/06/2011 10:50:08
Primeiro quero parabenizar o Carlos Alberto Gonçalves pelo belíssimo comentário. É preciso investir na prevenção, depois que acontece já era. O que fazem nossos parlamentares além das moções de congratulação para os puxa sacos? Cadê as clinicas de recuperação municipal e estadual para esses zumbis dependentes químicos? E o dinheiro do CPMF para onde foi? E os da mega sena acumulada bilhões de vezes para onde vai? Depois cobram da Polícia a solução para um problema tão grave. Vamos valorizar cada projeto social, ninguém nasce bandido, nascem crianças e se tornam bandidos muitas vezes por falta de oportunidades ou em decorrência das desigualdades sociais provocadas pelos corruptos que desviam tanto dinheiro destinado a saúde, moradia, educação e segurança pública. Convido voces a conhecerem o meu trabalho como Policial Comunitário na região do Jardim Noroeste, onde acabamos de fundar o Grupo Escoteiro Mario Dilson, na tentativa de encaminhar jovens para o caminho do bem. Acessem http://pmacaosolidaria.blogspot.com
 
SIDNEI GARCIA DE FREITAS em 16/06/2011 10:11:58
Que orgulho do garoto!!! Dias 13, 14, 15, 16 e 27! Isso é que é um exemplo de persistencia!!! Um ótimo exemplo para a classe politíca! ......
Opa!! Perae... A classe politica já faz isso faz tempo!!!
 
Leonardo Robauto Camelô em 16/06/2011 09:32:34
a nossa justica e muito fraca e nao e justa o bandido tem mais librtade que agente
 
marcos antonio em 16/06/2011 06:56:47
Não Acho q tirar o dinheiro Dos onibus seria a melhor das soluções, pois a partir do momento que nao tiver o dinheiro nos onibus, a bandidagem vai partir pra cima Dos passageiros o que podera piorar a situação, pois esses bandidos não irão com as mãos vazias. Ainda sustento a opinião de que esses ladroes deveriam ter dedos, mãos e Braços amputados ate pararem de roubar ou morrerem. Com certeza iriamos ver muita gente sem os braços e com isso parariam de roubar.
 
Lucy Santos em 16/06/2011 06:34:53
Na maioria da prisões em flagrante faltam elementos básicos para manter o preso encarcerado. As duas polícias não trabalham tecnicamente para assegurar a prisão. A sociedade é outra colaboradora para que tudo isto aconteça, pois é covarde e foge de suas responsabilidades querendo apenas reaver o produto furtado.
Se todos, as polícias, a sociedade e o cidadão vítima se conscientizassem de suas responsabilidades, nós teríamos bons resultados contra os crimes e criminosos.
A própria imprensa é uma das mais irresponsávis por ser ignorantes das funções de cada orgão da polícia, do juduciário e das leis epassam informações conroversas para a população que não está nem aí em busca do que é verdadeiro, ou dos seus direitos institucionalizados.
 
Ezio José em 16/06/2011 02:19:34
LEI DAS CONTRAVENÇÕES PENAIS:
Art. 43. Recusar-se a receber, pelo seu valor, moeda de curso legal no país:
Pena – multa, de duzentos mil réis a dois contos de réis.
 
RODRIGO DA COSTA em 15/06/2011 08:36:58
Caro Alexsandro, a prisão em flagrante como o próprio nome diz, é aquela em que o indivíduo é flagrado no ato do cometimento do crime ou logo após tê-lo praticado, portando, via de regra é independente de investigação. No caso em questão, a PM está faznedo sim seu trabalho que é de ostensividade e repressão. O problema é a brandura com que tais casos é tratado pelo Judiciário, o que faz que um mesmo elemento seja preso diversas vezes num curto espaço de tempo, gerando sensação de impunidade e de insegurança para a população. Temos que acabar com essa balela de que viciado não é bandido, afinal, é ele quem fomenta o crime organizado, e consequentemente a violência em todos os níveis, independente se o viciado é pobre oou de família abastada, já que no Brasil um é bandido e o segundo é liberal... Moralidade Já!
 
Pedro Bahga Tello em 15/06/2011 06:27:16
O cel tem razao! temos que acabar com a impunidade,acorda senhores deputados , senadores, com certeza nao vao encontrar dinheiro no caixa do onibus , agora vão migrar para os passageiros, que ai o prejuizo nao sera das empresas e sim do usuario. Esse é o BRasilllllllll !!!
 
jose vieira em 15/06/2011 06:26:04
E o Poder Judiciário? O que diz sobre esse prende e solta? Afinal, são eles que mandam soltar.... Será que não está faltando vaga pra prender todo mundo? O que diz o Governo do Estado? E o Governo Federal? Vem ou não vem dinheiro pra construir mais presídios? Enquanto isso, a PM e a Civil ficam só enxugando gelo. E as delegacias cheias de presos.
 
Gilberto Ramos em 15/06/2011 05:43:40
Tenho que discordar e muito com o senhor Elismar, se colocar segurança particular ai os empresários vão ter mais motivos para querer aumentar o valor da tarifa, agora o que tem que ser feito é acabar com essa de prende e solta, por que não elimina logo todo tipo de ladrão que se prende no país?
Já que não querem mais lotar as cadeias então não manda mais ninguém pra lá, entenderam?
 
Oswaldo Benites em 15/06/2011 05:17:32
GOSTARIA DE FAZER UMA PERGUNTA NESTA TAL DE AUDIENCIA PUBLICA.

SERA QUE TAL REUNIAO NAO É APEMAS PARA RESOLVER O PROBLEMA DA GRANDE POTENCIA POLITICA QUE SAO OS PROPRIETARIOS DE ENPRESAS DE TRANSPORTE COLETIVO.

SEGUNDO A PM. OS ROUBOS DOMINUIRAM DENTRO DOS ONIBUS???

ENTAO OS USUARIOS DE DROGAS PARARAM DE COMPRAR DOGAS???

OU ESTAO PRATICANDO OUTROS TIPOS DE DELITOS???



 
julio cesar dourado em 15/06/2011 04:21:31
É louvável a atuação da policia militar, porem na minha opiniao as empresas de onibus devem contratar seguranças particulares, pois o fato de possuir um agente publico dentro de um bem particular nao se encontra coerente com a constitucionalidade de atuação da instituição.
 
elismar oliveira de souza em 15/06/2011 04:02:21
Uma dúvida. A prisão, mesmo que em flagrante, não presupõe um árduo trabalho de investigação, que é competência da polícia judiciária, ou seja, a Polícia Civil? Me parece que nossas PM e Polícia Civil (em todo Brasil), existem institucionalmente como se uma não tivesse nada haver com a outra. Eu vejo duas polícias, uma que prende e outra que investiga, mas, infelizmente, em tempos e lugares distintos.
 
Alexssandro Loyola em 15/06/2011 03:25:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions