A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

19/05/2009 14:32

Libanês preso por tráfico de armas pede liberdade ao STF

Redação

O libanês Nadim Raymond El Hage, preso por tráfico de armas, recorreu ao STF (Supremo Tribunal Federal) para responder ao processo em liberdade. O habeas corpus ainda será avaliado.

O acusado é dono de uma loja de armas em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, na fronteira com Mato Grosso do Sul.

Ele é apontado pela Justiça Federal de Ponta Porã como um dos chefes da venda internacional de armas na região.

Ele chegou a ser condenado a 12 anos de prisão, mas recorreu e teve a sentença anulada. Porém, a prisão foi mantida até novo julgamento, diante da facilidade de uma fuga do País.

Nadim já foi, inclusive, convocado pela CPI do Tráfico de Armas, em Brasília. Proprietário da Monte Líbano, em 2006 ele foi preso depois que operação da Polícia Federal encontrou 20 pistolas, fuzis, metralhadoras antiaéreas, silenciadores e centenas de caixas de munição, que estavam na loja Comando de outro réu.

O empresário foi alvo de denúncia anônima, e investigações mostraram que o armamento era vendido à facções criminosas na região de fronteira.

No pedido de liberdade, a defesa alega constrangimento ilegal, porque Nadim está preso há mais de mil dias no presídio Ricardo Brandão, em Ponta Porã , sem que tenha sido concluída a fase de instrução do processo.

A defesa alega, entretanto, que apesar da condenação pendente, ele já cumpriu um sexto da pena prevista para o crime de que é acusado e que, portanto, mesmo que venha a ser condenado, de qualquer modo já passará a cumprir a pena em regime semi-aberto. (Informação do STF)

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions