A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

29/11/2010 12:35

Licitação para mototáxi depende da Justiça, diz Nelsinho

Redação

O presidente do Sindicato dos Mototaxistas, Dorvair Boaventura de Oliveira, conhecido como Caburé, vai tentar uma brecha na agenda do prefeito Nelsinho Trad (PMDB) para discutir a concessão de alvarás. Ele quer orientação para o que a categoria deve fazer em relação à decisão da Justiça que embargou o processo licitatório que concede alvarás para o serviço de táxi e mototáxi. Na manhã desta segunda-feira, um grupo de mototaxistas se dirigiu até a prefeitura para protestar e Caburé tentou um encontro com o prefeito, mas ele estava vistoriando algumas obras.

Ouvido pela reportagem do Campo Grande News, que acompanhou as visitas, o prefeito disse que o protesto deveria ser direcionado ao juiz que determinou o embargo da licitação. "Enquanto não for resolvida a pendência na Justiça, não posso fazer nada", afirmou Nelsinho Trad.

Caburé concorda com a posição do prefeito, mas insiste na audiência. "Ele poderá nos dar um caminho. Talvez iniciando um novo processo", afirmou, garantindo que não partiu do sindicato a iniciativa do protesto.

O processo licitatório, aberto em junho, foi embargado porque 12 mototaxistas e auxiliares não conseguiram cumprir o prazo para a entrega das propostas que foi até setembro. O grupo que fez o protesto reclama que uma minoria está prejudicando outros 102 profissionais que conseguiram chegar a tempo. No dia da entrega das propostas, 9 de setembro, houve reclamações diversas, pois havia dois prazos especificados no edital e acabou havendo confusão.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions