A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2019

14/01/2019 08:20

Maioria não vai conseguir quitar os impostos com a sobra do 13º, aponta enquete

Nesta semana, o Campo Grande News quer saber sua opinião sobre a transferência da responsabilidade da demarcação de terras indígenas para o Ministério da Agricultura

Anahi Zurutuza
Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

A maioria dos participantes da enquete desta semana não conseguirá quitar os impostos neste início de ano. O Campo Grande News perguntou se foi possível guardar parte do 13º salário para se livrar do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor), mas 73% respondeu que não.

Nesta semana, o Campo Grande News quer saber sua opinião sobre uma das primeiras medidas tomadas pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL): a transferência da responsabilidade da demarcação de terras indígenas para da Funai (Fundação Nacional do Índio) para o Ministério da Agricultura.

A medida, segundo avaliam lideranças indígenas, vai na verdade acabar com a devolução de terras para comunidades tradicionais no território brasileiro.

A Funai aponta que há, no Brasil, 566 terras em processo de demarcação. Dessas, apenas 13 estão homologadas e 73 declaradas. Só em Mato Grosso do Sul, o Cimi informou, em relatório, que há 74 terras indígenas “sem providências”, ou seja, sem processos demarcatórios.

Além disso, o Estado ocupa o terceiro lugar no ranking de assassinatos de indígenas. O Cimi estima que ao menos uma liderança seja assassinada a cada ano, nos últimos 10 anos, em Mato Grosso do Sul. Outra questão que já ganhou repercussão internacional, além da violência e da morosidade na demarcação, é a fome dos indígenas em Mato Grosso do Sul, que já trouxe representantes de direitos humanos da comunidade internacional para o estado.

A nova enquete já está no ar. Participe!



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions