A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/02/2012 12:02

Mato Grosso do Sul fica fora da 1ª etapa das ações contra o crack

Viviane Oliveira
O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública,Wantuir Jacini, afirmou que o encontro foi produtivo. (Foto: arquivo/Marcelo Victor)O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública,Wantuir Jacini, afirmou que o encontro foi produtivo. (Foto: arquivo/Marcelo Victor)

Mato Grosso do Sul não vai participar da primeira etapa do programa do Governo Federal - Crack, É Possível Vencer. O Estado do Rio de Janeiro será o primeiro a aderir ao programa federal.

Sobre a escolha dos Estados que serão os primeiros a participar do programa federal, os critérios são locais de alta concentração de uso da droga e a implementação de equipamentos de saúde.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e representantes dos Ministérios da Saúde e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome se reuniram na última terça-feira (31), em Brasília, com os 26 secretários estaduais de Segurança Pública, integrantes do Consesp (Colégio nacional de Secretários de Segurança Pública).

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública,Wantuir Jacini, afirmou que o encontro foi produtivo. “Foi reafirmado o financiamento do Enafron (Plano Estratégico de Fronteiras) e deu andamento ao programa contra o crack, que terá investimentos de R$ 4 bilhões, provenientes dos ministérios da Justiça e Saúde”, disse o secretário.

Com relação ao programa contra o crack o ministro da Justiça informou que governo federal deve firmar com oito Estados, até o fim do primeiro semestre, o termo de adesão ao Programa Crack.

José Eduardo Cardozo garantiu também que as ações policiais somente serão desenvolvidas quando os equipamentos de saúde puderem atender os usuários que serão encaminhados. No encontro, foi apresentada aos secretários a metodologia que o programa federal deve programar, respeitando as necessidades de cada região.



Continuação: em MS existe usuarios de pasta base de cocaina, totalmentes diferentes dos de crack... investimento desse projeto seria apenas como controle da fronteira e nao com tratamento de viciados.
Se informem mais e nao deixem a ignorancia da midia precipitada tapar os seus olhos.
obrigado.
 
Carlos Alberto em 02/02/2012 05:25:37
Me desculpem mas os colegas de comentarios estao muito mal informado e influenciado por midia de estados diferentes e desconhecem a situaçao de mato grosso do sul.
sim, aqui é rota do trafico mas dizer que aqui tem usuarios de crack é absurdo.
fiz trabalho de campo sobre viciados para o centro de toxicologia da UFMS e praticamente nao existem usuarios de crack em campo grande ou no estado..
 
Carlos Alberto em 02/02/2012 05:23:49
DIA 12 DE FEVEREIRO IRA ACONTECEU UM GRANDE EVENTO "CRACK TIRE ESSA PEDRA DO SEU CAMINHO.PORQUE SE VC NÃO É CONTRA É A FAVOR"
ENTRE A RUI BARBOSA E A PEDRO CELESTINO AS 15HRS
COM A PRESENÇA DA BANDA AO CUBO
NÃO PERCAM!!!!!
 
janaina batista da silva em 02/02/2012 05:09:32
É uma vergonha isto. MS e rota de trafico de drogas etc e o secretario e presidente do colegio e ainda assim estamos mais uma vez de fora das ações do governo federal, isto demonstra o descredito que MS tem junto a Dilma.
 
Luciana Canton em 02/02/2012 03:37:06
Ir para uma reunião e sair com o resultado de que ficaremos de fora do programa importatíssimo como este, contra as drogas, e ainda ouvir do secretário de estado afirmar que a reunião foi produtiva, é estupidamente absurda. MS é rota do tráfego e como rota, em suas cidades o consumo chega primeiro. Ou querem que amarguemos situações como a cracolândia dos grandes centros para então receber ajuda ?
 
Flavio Marcio em 02/02/2012 03:10:01
É lamentável esta notícia que MS ficará fora da 1ª etapa das ações contra o crack, mas mais lamentável e triste ainda é saber que existirá 1ª fase e assim sucessivamente, dessas tão esperadas AÇÕES, que sabemos que é público e notório que o CRACK é quase que epidemia. Lamentável.......
 
Maria Izildinha Fernandes Remijo em 02/02/2012 01:09:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions