A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

01/11/2013 18:04

Mato Grosso do Sul recebe 3 aparelhos de radioterapia do Ministério da Saúde

Bruno Chaves

Mato Grosso do Sul receberá três aparelhos de radioterapia para o tratamento de câncer de pacientes. A medida do Ministério da Saúde faz parte do processo de ampliação da oferta de serviços de radioterapia no país. No Estado, a perspectiva é de que o número de sessões de radioterapia suba de 105,5 mil para 234,5 mil/ano.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, divulgou nesta sexta-feira (1º), a compra de 80 aceleradores lineares para todo o País. Eles serão distribuídos para atender a população de 63 municípios, de 22 estados e no Distrito Federal.

Em Mato Grosso do Sul, as cidades de Campo Grande e Dourados receberão os aceleradores. Com a instalação dos aparelhos, o número de sessões de radioterapia deve subir de 105,5 mil para 234,5 mil/ano.

Na Capital, os aceleradores serão instalados no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, onde será criado um novo serviço, e no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian, da UFMS. Em Dourados, o aparelho será encaminhado para o Hospital Evangélico Dr. Goldby King, para ampliação dos serviços já existentes.

O edital do Ministério da Saúde ainda prevê a instalação de uma fábrica no país, que produzirá equipamentos para abastecer o mercado nacional. “Já que estamos fazendo a maior compra de equipamentos de radioterapia que o mundo inteiro está vendo, exigimos que quem ganhasse o pregão construísse uma fábrica de aceleradores linear no Brasil”, disse Padilha.

“Queremos a transferência da tecnologia deste equipamento para pesquisadores brasileiros, para jovens brasileiros, para gerar emprego aqui neste país e informação tecnológica para nossos pesquisadores”, emendou.

De acordo com informações da assessoria de imprensa do ministério, além de ampliar a assistência, o edital do Ministério da Saúde alcançou a economia de R$ 176 milhões na compra dos equipamentos. O valor final ficou em R$ 119,9 milhões.

A empresa vencedora do pregão foi a norte-americana Varian Medical Systems, que atua em radioterapia há 65 anos, sendo fabricante mundial de dispositivos médicos, e de software de tratamento de câncer.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions