A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

16/01/2013 07:20

Médico é suspenso 30 dias pelo CRM, por morte de criança em parto

Aline dos Santos

O CRM/MS (Conselho Regional de Medicina) puniu o médico Paulo Marcelino Andreoli Gonçalves com suspensão do exercício profissional por 30 dias. A punição vai de primeiro de fevereiro a 2 de março.

Conforme o conselho, a medida foi tomada diante de comprovada conduta antiética em atendimento médico deficiente à gestante. O entendimento é de que a morte do feto está relacionada à imprudência, negligência e imperícia médica.

De acordo com o assessor jurídico do CRM/MS, André Borges, o médico conduziu mal um parto, que resultou na morte da criança. “A suspensão é bastante grave”, enfatiza. O parto malsucedido foi na cidade de Antônio João, em fevereiro de 2009.

A punição tem como base quatro artigos do Código de Ética Médica, dentre eles: delegar à outros profissionais atos ou atribuições exclusivos da profissão médica e deixar de atender paciente que procure seus cuidados profissionais em caso de urgência, quando não haja outro médico ou serviço médico em condições de fazê-lo.

No ano passado, o CRM também suspendeu o médico por 30 dias. Na ocasião, a medida foi por “assumir condutas contrárias a movimentos legítimos da categoria médica com a finalidade de obter vantagens”.

Ex-prefeito de Campina da Lagoa (Paraná), o médico já atuou em Paranhos e Amambai. (Matéria alterada às 8h para acréscimo de informação).



o recem nascido tinha um no verdadeiro no cordao umbigal, foi um fatalidade o crm nao mancdou no endereço correto para que eu pudesse fazer minha defesa , porque tenho 25 anos de medico e tenho mais de 10mil cirurgias de 5 mil recem nacidos , graças a deus com susseso;
 
paulo goncalves em 04/02/2013 18:05:04
eu Paulo marcelino A. Gonçalves, o medico que esta sendo punido , tem varios itens que tem que ser levado em consideraçao 1 .Eu nao era o medico plantonista naquele dia que a gestante se internou no hospital em Antonio joao , que era de menor e mae solteira os problemas que tento visto em partos, sao maes menores de idade e solteiras , eu o unico medico que fazia cesarea neste hospital . eu estava sobre aviso em casa, se por ventura a medica de plantao optase por parto cesarea entrava em contato e imediatanente e ia ,. nao foi nos que internamos a gestante e sim a plantonista e tambem nao fiz o pre natal desta paciente, por volta das 22:00 a plantonista ligou para nos ir fazer uma avaliaçao que imediatanente indicamos o ato cirurgico que o feto se encontrava em SFA, nasceu em obito
 
paulo marcelino andreoli goncalves em 04/02/2013 17:53:06
Concordo com voce FLAVIO, pois nos seres humano somos tratado como desumano, pois a nossa justiça aqui no brasil e muito falha, e precisa ser revista,chega de impunidade!!!!!!!!
 
CASSIA DA SILVA em 16/01/2013 11:42:42
quem tem que punir é o ministério publico,e fazer sim a justiça.
o que é 30 dias de suspensão,e a dor para éssa mãe?
 
LUIZ ANTONIO VIÉGAS em 16/01/2013 11:25:54
A punição foi muito branda, para um profissional que foi responsável pela perda de uma vida.
 
Flavio Souza em 16/01/2013 09:12:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions