A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

05/11/2010 20:37

Menina de 11 anos diz que foi estuprada por garoto de 15

Redação

Em Pedro Gomes, cidade distante 309 quilômetros de Campo Grande, um garoto de 15 anos está sendo acusado de ter estuprado uma menina de 11 anos. A família dele, no entanto, diz que a vítima está mentindo.

O fato teria acontecido ontem, por volta das 11h20, de acordo com depoimento da menina à Delegacia de Polícia Civil de Pedro Gomes. Ela não tem pais e mora com dois irmãos em uma casa de abrigo da cidade.

A delegada da cidade foi comunicada sobre o caso pelo Conselho Tutelar. Assim, que foi encontrado pela Polícia Militar, o adolescente de 15 anos acabou sendo conduzido à delegacia, onde está apreendido desde a acusação.

A garota contou que se encontrou com o adolescente em uma casa abandonada na rua Minas Gerais. Segundo ela, o acusado teria tirado sua roupa, a beijado e cometido o estupro.

Ainda de acordo com a ocorrência, quando ela chegou à casa de abrigo, mostrou para uma mulher que trabalha no local a calcinha com marcas de sangue. O Conselho Tutelar foi acionado para averiguar o que tinha acontecido.

Encaminhada ao Hospital Municipal de Pedro Gomes, a menina foi submetida a exame médico que constatou que o hímen dela havia sido rompido, conforme laudo da equipe médica.

A mãe do adolescente, uma mulher de 34 anos, no entanto, contesta o laudo e acredita que a menina esteja mentindo sobre os fatos. Por conta disso, ela entrou em contato com a reportagem do Campo Grande News para informar que um novo laudo está sendo feito por equipe médica de Coxim, mas ainda não foi concluído.

Uma jovem de 17 anos que é irmã do adolescente também telefonou para a reportagem e explicou que tem a informação de que o sangue na calcinha da menina seria de menstruação. Ela põe em dúvida o laudo elaborado pela equipe médica do hospital de Pedro Gomes.

"Ela pediu para os irmãos dela chamarem meu irmão, pois ela disse que queria se encontrar com ele na casa abandonada. Ele foi lá, mas alega que não aconteceu nada", frisa a irmã do adolescente, dizendo que também obteve a informação de que a garota realmente perdeu a virgindade ontem, mas com outra pessoa.

O Campo Grande News tentou entrar em contato com o hospital de Pedro Gomes e com a delegacia, mas não conseguiu.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions