A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

26/11/2013 14:59

Menina de 5 anos que perdeu a visão parcial leva "calote" da Prefeitura

Mariana Lopes
O acidente ocorreu na escola municipal Bernardo Franco Baís, durante horário de aula (Foto: João Garrigó)O acidente ocorreu na escola municipal Bernardo Franco Baís, durante horário de aula (Foto: João Garrigó)

Uma menina de 5 anos, aluna do Jardim II, da Escola Municipal Bernardo Franco Baís, em Campo Grande, perdeu a visão ao furar o olho direito em uma cerca danificada que fica no pátio do colégio. Desde o dia do acidente, que ocorreu em 28 de agosto deste ano, ela teve que passar por três cirurgias, totalizando um custo de quase R$ 20 mil, e a família não recebeu nenhum auxílio da Prefeitura.

De acordo com o advogado da família, que preferiu não se identificar, a menina brincava com outras colegas no pátio da escola, durante intervalo de aula, quando esbarrou o rosto em uma cerca de arame que estava danificada e tinha uma ponta aguda sobressalente. A criança furou o olho e teve que ser socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Ela foi encaminhada para a Santa Casa, onde passou pela primeira cirurgia, a qual foi realizada pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e não teve custos. A operação foi feita no mesmo dia, algumas horas após o acidente.

Contudo, a aluna precisaria passar ainda por mais cirurgias. A próxima seria a de preservação do globo ocular, que, segundo advogado, há apenas dois médicos em Campo Grande que fazem este procedimento, sendo que ambos atendem somente no particular.

De acordo com o relato da mãe da criança, que consta no Termo de Declaração feito em uma sindicância da Prefeitura, o secretário municipal de Educação, José Chadid, esteve no hospital no dia seguinte à cirurgia e prometeu dar o apoio necessário à família.

Ainda conforme a declaração da mãe, o secretário encaminhou a criança a um dos médicos competentes para realizar a cirurgia do globo ocular e garantiu que a Prefeitura arcaria com as despesas das cirurgias e de todo o tratamento da criança.

O primeiro ultrassom feito foi, inclusive, acompanhado por uma assistente social da Semed (Secretaria Municipal de Educação), segundo o relato da mãe. À família também foi prometido auxílio com cestas básicas, medicamentos e acompanhamento psicológico. Mas nada foi cumprido até o momento.

A terceira e última cirurgia que a criança passou foi para retirar um ponto e custou R$ 2,5 mil, bancada por doações de amigos. Na declaração, a mãe afirma que não tem condições de arcar com todo o tratamento da filha. Ela e o marido são autônomos e trabalham com prestação de serviços.

De acordo com o advogado, a menina terá que passar por mais cirurgias ainda. “A família só quer um tratamento digno para a criança, com auxílio ao tratamento”, afirma o advogado.

O vereador Mário César (PMDB), presidente da Câmara Municipal, encaminhou um ofício à Semed e à Sesau solicitando explicações do caso, mas não obteve resposta.

A menina usa um tampão no olho e já voltou a estudar. Ela continua na escola Bernardo Franco Baís, a qual a mãe solicitou mais estrutura na área de lazer das crianças e também que seja aumentado o número de monitores para cuidar dos alunos, já que a escola tem apenas um.

A reportagem procurou a assessoria de imprensa da Prefeitura para esclarecer a situação, mas não obeteve resposta até o fechamento desta matéria.

Ajuda - Para ajudar com os gastos que a Prefeitura teria que arcar, a família irá promover um churrasco no dia 8 de dezembro, a partir das 11h30. O almoço será na comunidade Santa Terezinha do Menino Jesus, localizada na rua Ceres, 208, bairro Marcos Roberto, na Capital. Para adquirir o convite ou obter mais informações, o telefone é (67) 9261-2421.



é isso ai no minimo ela vai continuar com o tampão até que aparece alguem com compenténcia para tentar arrumar o acontecido infelismente essa é nosso adiminstrador de campo grande
 
noe francisco coelho em 27/11/2013 13:26:48
sera mesmo q rede globo esta na parada, tomara sim que dai vai sair resultado ótimo
 
neilton m ortega em 26/11/2013 23:29:28
AGORA OS DESESPERADOS EM TENTAR DEFENDER O INDEFENSÁVEL...DE QUE A CIDADE ESTA ABANDONADA NAO APARECEM PARA FALAR. TAI O QUE EU DIGO, CAMPO GRANDE ESTA UM LIXO, E QUEM PAGA O PATO POR ISSO? A CRIANÇA E SUA FAMILIA...." AS PESSOAS EM PRIMEIRO LUGAR"....O QUE FALTA DIZER É QUAIS OU QUEM SÃO ESSAS PESSOAS....PQ AS DE CAMPO GRANDE AO MEU VER NÃO SÃO!!!!
 
Marcelo Mattos em 26/11/2013 23:25:45
Não seria um caso para PROMOTOR SERGIO HARFOUCHI?!
ENTRA NESSA PROMOTOR!!! ajude nossas crianças por favor.
 
OTAVIO NOGUEIRA em 26/11/2013 20:44:09
NOSSA SENHORA MEU DEUS NO COMEÇO DO ANO EU MATRICULEI MINHA FILHA NESSA ESCOLA , MAS ELA ESTUDOU SOMENTE DOIS DIAS .
GENTE TEMOS QUE MELHORAR ESSA EDUCAÇÃO.
OS POLITICOS TÃO PREOCUPADO SOMENTE COM O NOSSO PREFEITO ALCIDES BERNAL..
GENTE VAMOS OLHA PARA AS ESCOLAS E AS CRECHES .
PRA QUEM NÃO SABE OUTRO DIA UM MENINO FOI ACIDENTADO DENTRO DE UMA CRECHE POR UMA BICICLETA . E A DIRETORA FICOU ESPERANDO O PAI CHEGAR PRA LEVAR A CRIANÇA NO MEDICO ISSO É UM ABSURDO.O MENINO QUEBROU O FEMULO ;SENHOR MEU DEUS COLOCA AMOR NO CORAÇÃO DESSE POVO ...
 
VALDINEIA SANTOS em 26/11/2013 20:36:42
Secretário + Diretor escolar incompetente só poderia dar nisso. Concordo com vc Sonia Globo neles. Desse buraco deve sair mais coisas. É só olhar o abandono que esta a Educação.
 
Marcela Martins em 26/11/2013 20:12:48
Justiça. Uma ação judicial exigindo o pagamento de tudo o que até aqui foi gasto, e a obrigação de a prefeitura arcar com todas as despesas a partir de então. Exigir também uma indenização. Não da para deixar "de graça" ou só por conta de eventuais ajudas.
 
Fernando Silva em 26/11/2013 17:51:34
vem bem a calhar a frase de campanha e nos outdoors espalhados pela cidade, " AS PESSOAS EM PRIMEIRO LUGAR."
 
wagner borges de freitas em 26/11/2013 15:41:29
Estavam questionando a abertura de concurso para monitores. Está aí a importância deles.Criança muito pequena tem ter sempre alguém por perto.
 
Marcia França em 26/11/2013 15:29:35
isso é um absurdo, um descaso total com tudo e com todos, até onde vamos ficar de braços cruzados esperando que autoridades tomes providencias que nunca saem de palavras e do papel, pareçe até o discurso do sertanejo do nordeste que a cada dia, mes ano espera a chuva cair, quando ele acorda olha para o céu e diz hoje se Deus quiser vem a chuva, mas passa o tempo e nada, assim estamos nós esperando atitudes dos governantes e nada. só fofocas, briguinhas entre eles para enganar os trouxas que pagam impostos, quantos mais tem que morrer ou ficarem aleijados heim, acorda povo.
 
Paulo Silverio de Oliveira Santos em 26/11/2013 15:27:27
Rede Globo na parada.........
 
Sonia Pavão em 26/11/2013 15:17:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions