A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2019

29/11/2010 16:13

MJ diz que por enquanto presos no RJ não vem para MS

Redação

O Ministério da Justiça já fez a transferência de 20 presos durante operação nos morros cariocas para o presídio federal de Catanduvas (PR) e garante que não há planos de enviar a Mato Grosso do Sul outros criminosos pegos durante ofensiva contra o tráfico no Rio de Janeiro.

Segundo o governo federal, foram colocadas à disposição 50 vagas nas unidades federais do País, mas dividias entre o Paraná e Porto Velho, em Rondônia. No entanto, Campo Grande ainda pode receber os traficantes.

O número de transferências pode crescer, informa o Ministério, e "poderão ser feitas a qualquer momento", avisa. caso o governo do Estado do Rio de Janeiro ache necessário.

"Além dos presos enviados para Catanduvas, detentos daquele Estado que estavam presos naquela penitenciária federal foram encaminhados para a unidade federal de Porto Velho, em Rondônia. Entre os 13 presos transferidos para o Norte do país, estão nomes como "Marcinho VP" e "Elias Maluco". As transferências foram realizadas com escolta dos agentes penitenciários federais do Depen em avião cedido pela Polícia Federal", detalha o Ministério.

Partindo dessa lógico, a assessoria do Ministério diz que não é descartada também a ida de Fernandinho Beira-Mar, atualmente preso em Campo Grande, para outra unidade, caso detentos do RJ tenham de vir para Mato Grosso do Sul.

Fernandinho tem ligação direta com alguns dos traficantes presos durante a operação no Rio.

Todos os transferidos estão em Regime Disciplinar Diferenciado e ficam isolados em suas celas 22 horas por dia, sem qualquer contato com o exterior. Os presos só têm direito a visitas de advogados e as conversas são feitas via parlatório.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions