A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

10/11/2009 16:44

Morador cobra lazer e limpeza na revitalização do centro

Redação

Moradores de Campo Grande querem que a criação de mais áreas de lazer e a limpeza das ruas e da Praça Ary Coelho sejam enfatizadas na proposta de Revitalização do Centro de Campo Grande.

Detalhes do projeto serão apresentados hoje à noite, a partir das 19h, em audiência pública na Câmara Municipal de Campo Grande.

"A Praça Ary Coelho é o ponto mais crítico do centro", reclamou o comerciante Juraci Sobrinho, 53 anos, proprietário de uma loja de aviamentos há oito anos na Avenida Calógeras. Ele também defendeu a criação de espaços de lazer na via

Metade das lojas fechou as portas entre a Feira Central e a Rua Marechal Cândido Mariano Rondon, segundo o comerciante Radi Jaber, 48, que tem uma loja de sapatos há 23 anos.

Ele defendeu, por exemplo, a inclusão da avenida na decoração de Natal da prefeitura da Capital, que contempla outras vias, como as ruas 14 de Julho, 13 de Maio e Fernando Corrêa da Costa.

Um grupo de comerciantes vai acompanhar o debate na Câmara Municipal. Um dos pontos do projeto é a criação de ciclovia na Calógeras. O item foi aprovado pelo porteiro Moisés Custódio da Silva, 37, que usa bicicleta para ir e voltar do trabalho. "Vai desafogar o tráfego de veículos", comentou.

Lazer - "A Praça Ary Coelho está horrível", afirmou a manicure Agnes dos Anjos, 31, que defendeu a criação de mais áreas de lazer no centro. Cobrou ainda a limpeza das vias centrais, que estariam sujas. "Falta manutenção", comentou ela, que vai ao centro da cidade para passear e pagar contas.

O taxista Wiliam da Silva Rodrigues, 34, defendeu também a instalação de mais bancos para serem usados pela comunidade. Ele contou que geralmente a população acaba usando o seu ponto no táxi para descansar.

A estudante Viviane Marques, 16, que vai ao centro três vezes por semana, defendeu o plantio de mais árvores para deixar a região mais agradável nas vias como 14 de Julho e Calógeras.

Já a aposentada de Corumbá, Gonçalina Santos Nascimento, 80, que está fazendo turismo na Capital, considera uma calamidade o sistema de captação de águas pluviais na região central. "Deveria melhorar", defendeu, sugerindo mais um item a ser incluído no projeto de revitalização.

Trânsito

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions