A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

30/11/2010 14:36

Morte de adolescente no Tarumã será reconstituída amanhã

Redação

Foi remarcada para amanhã, às 9h, a reconstituição do assassinato do adolescente Paulo Henrique Rodrigues, o "Paulinho", de 17 anos, ocorrido no dia 17 de fevereiro deste ano, na esquina das ruas Acaia e Itaoca, no Jardim Tarumã, em Campo Grande.

Preliminarmente marcada para o dia 9 deste mês, a reconstituição não pode ser feita, pois um dos réus, o jovem Marcelo de Souza Ribeiro, o "Cicatriz", de 19 anos, não saiu do Estabelecimento Penal de Segurança Máxima, já que naquela data a PM (Polícia Militar) realizou pente-fino no local.

Na ocasião, um veículo da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) chegou ao bairro onde ocorreu o crime e foi recebido aos gritos pelos moradores. Colegas de escola, vizinhos, amigos e familiares vestiram camisetas brancas com a foto do garoto e espalharam faixas no local onde seria feito o procedimento judicial.

Paulinho foi morto enquanto trabalhava numa bicicletaria localizada no cruzamento das ruas Acaia e Itaoca. Ele levou um tiro no coração, disparado por uma arma usada por Marcelo.

Momentos antes do assassinato, Marcelo assaltava a Mercearia Vital, pertencente ao avô da vítima, e que fica em frente à bicicletaria. Ao fugir do local após o assalto, Cicatriz desferiu o tiro que matou o adolescente.

Paulo Henrique chegou a ser socorrido pela mãe, Maria Aparecida dos Santos, que trabalhava na mercearia, mas não resistiu e morreu no posto de saúde do bairro Coophavila II.

Maria Aparecida acredita que a reconstituição faz parte da estratégia da defesa de Marcelo. Segundo ela, a ação foi pedida pela defesa do assassino, que não quer assumir que o crime é de latrocínio.

"Além de perder (o filho) e ter que aguentar a luta na Justiça, é uma dor remoer a mesma cena", disse Maria à reportagem no dia em que estava marcada a primeira reconstituição. Visivelmente abatida e oito quilos mais magra, a mãe de Paulinho estava bastante nervosa naquela manhã.

Comparsa - A partir da prisão de Marcelo, a polícia chegou a Alessandro da Anunciação, o "Testa", 27 anos, que foi capturado no Jardim das Perdizes. Ele é o dono da pistola de calibre 45, usada no crime e que já está apreendida, e esperava por Marcelo em uma moto em frente à mercearia.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions