A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

18/11/2009 14:57

Motorista diz que atirou em veículo porque foi ameaçado

Redação

O motorista Agnaldo Ferreira Gonçalves se entregou à Polícia uma hora depois da briga que teve desfecho trágico em Campo Grande.

Assim que chegou à delegacia disse que havia efetuado entre quatro e cinco disparos contra o veículo L-200, com um revólver calibre .38. Ele entregou a arma e justificou o crime dizendo que perdeu o controle porque o condutor da caminhonete, um jovem, teria o ameaçado.

Agnaldo disse que foi "fechado" no trânsito na avenida Mato Grosso, discutiu com o rapaz que teria revidado com xingamentos e ameaças.

O empresário, que é dono do jornal O Independente, presta depoimentos há quase 4 horas, acompanhado por um advogado. O pecuarista João Afonso Pedra, continua internado na Santa Casa, mas não corre risco de morte.

Já o menino Rogério Mendonça, passou por cirurgia e agora está na CTI e seu estado é considerado grave.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions