A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/12/2009 10:55

MPE vai apurar morte de peixes no rio Paraná após apagão

Redação

O MPE (Ministério Público Estadual) vai apurar a morte de centenas de peixes no rio Paraná, após o apagão que afetou várias regiões do Brasil, inclusive Mato Grosso do Sul, no dia 10 de novembro.

O deputado Akira Otsubo, líder do PMDB na Assembléia Legislativa, informou que a Promotoria de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente de Três Lagoas está atuando no caso desde o fim de novembro.

Segundo ele, o MPE vai "analisar e tomar as providências que o caso requer" junto à Cesp (Companhia Energética de São Paulo).

O blecaute ocorrido na noite do dia 10 atingiu Mato Grosso do Sul logo após as 21h, assim como a 17 outros Estados do Brasil.

Akira explicou que, no momento do "apagão" a Usina Hidrelétrica Engenheiro Souza Dias (Jupiá), operada pela Cesp, desligou as suas turbinas.

"Então o nível do rio Paraná baixou rapidamente. Talvez pelo fato de milhares de peixes ficarem aprisionados em plantas aquáticas, por causa da brusca redução da vazão, houve uma enorme mortandade", detalhou o deputado.

As mortes dos peixes foram testemunhadas pelos pescadores e população local.

Para Akira, "é de notório conhecimento da população que a má gestão, a falta de investimento e o descaso com o meio ambiente, na busca de alta lucratividade com menor desembolso, tem provocado calamidades como esta que está sendo denunciada".

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions