A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

29/11/2010 11:10

MPF quer que Justiça anule processo seletivo da Marinha

Redação

O MPF (Ministério Público Federal) em Corumbá quer que o processo seletivo do comando do 6º Distrito Naval da Marinha do Brasil seja anulado.

Foi ajuizada ação civil pública para anular o processo, que vai selecionar militares temporários nas áreas de Fisioterapia, Fonoaudiologia, Psicologia, Administração, Ciências Contábeis, Comunicação Social, Informática e Engenharia Naval.

Para o MPF, além da ausência de prova objetiva, o edital dá margem à possibilidade de eliminação de candidatos com base em mera análise de "idoneidade moral" e "bons antecedentes de conduta". Não há menção aos critérios objetivos, de avaliação concreta, de ambos os aspectos. E ainda, segundo o edital, essa etapa do processo seletivo não é passível de recurso.

Segundo o MPF, os critérios utilizados para análise de "idoneidade moral" e "bons antecedentes de conduta" estão dados pessoais, formação escolar, aspectos físicos e histórico de emprego, elemento que são "além de amplamente suscetíveis de valorações subjetivas, não se mostram sequer relevantes, e até mesmo superficiais, para se fazer tal julgamento acerca de uma pessoa".

Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions