A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

17/07/2008 17:32

MS quer que Lula barre ação para demarcar área indígena

Redação

O governo de Mato Grosso do Sul quer que o presidente Lula revogue o estudo para demarcação de terras indígenas em 26 municípios do Estado. O documento, que será encaminhado a Brasília, foi o resultado final de uma reunião, convocada às pressas pelo governador André Puccinelli (PMDB), entre prefeitos, deputados (federias e estaduais) e o senador Valter Pereira.

O texto pede a revogação das seis portarias da Funai (Fundação Nacional do Índio) publicadas no Diário Oficial da União no último dia 14. São apontadas quatro justificativas, com destaque para a população impactada, estimada em 700 mil pessoas, e a ameaça à economia do Estado. O documento informa que a área alvo do estudo antropológico corresponde a 12 milhões de hectares economicamente aproveitáveis.

O texto também invoca o risco à soberania nacional, pois muitas localidades fazem fronteira com o Paraguai.

Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
Curso de instrutor de trânsito do Detran oferece 50 vagas na Capital
O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) está com inscrições abertas para o curso de Formação de Instrutor de Trânsito e...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions