ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  24    CAMPO GRANDE 19º

Cidades

MS tem 1 dos 4 municípios com conselho de direitos gays

Por Redação | 13/05/2010 16:06

Em todo o Brasil, apenas quatro municípios têm conselhos municipais de defesa dos direitos de gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais. Uma dessas exceções está em Mato Grosso do Sul.

Amambai é destaque no levantamento divulgado nesta quinta-feira pelo IBGE, com perfil dos municípios brasileiros.

No País, 126 cidades informaram ter políticas específicas para esse grupo, o que significa 2,3% do total de municípios do País.

Em relação a existência de conselhos, também estão na lista São Paulo (SP), Pelotas (RS) e Diadema (SP).

O IBGE adverte que outros locais também pode já ter criado esse espaço de discussão, fiscalização e propostas de ações voltadas aos homossexuais, mas não informaram aos pesquisadores.

Pelos dados do IBGE, os conselhos mais presentes nas cidades, em 2008, eram os tutelares (55%) e de Direitos da Criança e Adolescente (71,9%).

Luta - A presidente da Associação das Travestis e Transexuais de Mato Grosso do Sul, Cris Stefany, avalia que a dificuldade de criação de conselhos que representem os homossexuais é resultado do pouco tempo do movimento organizado em Mato Grosso do Sul,

Nos siga no Google Notícias