A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

19/06/2010 15:05

Mulher é suspeita de matar ex-marido no Jardim Manaíra

Redação

A ex-esposa do frentista Paulo Garigói Neto, de 32 anos, que foi assassinado neste sábado, no Jardim Manaíra, em Campo Grandem, é a principal suspeita pelo crime,conforme a Polícia Civil. A vítima foi encontrada morta em frente à casa de sua ex-esposa, Kelly Veron, na rua Tambiá. O casal tem duas filhas crianças.

De acordo com o delegado da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), Fernando Lopes Nogueira, a mãe do homem relatou que ele tentava violentar as filhas, dopando as crianças. Ela também informou ao SIG (Serviço de Investigações Gerais) que o filho era um homem agressivo.

Conforme a PM (Polícia Militar), os vizinhos relataram que ouviram disparos e quando saíram para a fora já encontraram o homem caído. Eles chamaram a polícia e socorro médico. Mas a vítima morreu no local.

De acordo com a PM, a perícia encontrou cinco perfurações no corpo. Os vizinhos ouviram cerca de cinco disparos. Porém, o numero de tiros, que acertaram a cabeça e o tórax, só será definido após autópsia, realizada no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal). A casa estava com as portas fechadas.

Os vizinhos afirmaram à PM que Paulo era um homem trabalhador e sem inimigos. Uma vizinha ouvida pelo Campo Grande News relatou que o casal protagonizava diversas brigas. "Eles brigavam muito, hoje de manhã estavam discutindo", conta. Ela relata que ouviu quatro disparos e o barulho de carro na manhã de hoje. Desde então, não viu mais a mulher e as meninas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions