A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

12/08/2009 14:33

Mulher fica 10 dias de cama após ataque de pit bull

Redação

A vendedora autônoma Dinair Maria Lopes, a Preta, 52 anos, ficou 10 dias de cama após ser atacada por uma cadela pit bull no Conjunto Moreninha 3, na saída para São Paulo, em Campo Grande. Somente na próxima semana, quase um mês depois, ela poderá voltar a trabalhar.

Segundo Preta, ela voltava para casa, no dia 21 de julho deste ano, numa rua próxima de sua residência, quando a cadela Xipara escapou da residência e a atacou. O animal mordeu-lhe as nádegas, a barriga e parte da virilha.

Medicada, ela levou vários pontos e até realizou exame de corpo delito no IMOL (Instituto Médico e Odontológico Legal). Em decorrência do ataque, ela ficou de cama por 10 dias, até a retirada dos pontos.

"Não podia nem sentar", lamentou Preta, que espera estar em condições de voltar ao trabalho como vendedora autônoma na próxima semana. Além de registrar boletim de ocorrência, ela ingressou com ação na Justiça contra o dono da cadela.

Temor

Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions