A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/12/2008 14:23

Na Capital, acidentes com moto matam 2 vezes mais

Redação

A proporção de mortes envolvendo motocicletas no trânsito de Campo Grande em relação ao número de habitantes está muito acima da média nacional, apurada em uma análise do Ministério da Saúde e divulgada nesta quarta-feira. O estudo é de 2006 e mostra que nas cidades com mais de 500 mil habitantes ocorreram naquele ano, em média, 2,6 óbitos a cada 100 mil habitantes.

Em Campo Grande foram 41 de mortes e a população, à época, era de cerca de 700 mil habitantes. Isso significa uma proporção de 5,85 óbitos a cada grupo de 100 mil. Esse índice representa mais que o dobro do verificado em âmbito nacional.Os dados tomados como referência constam no SIM (Sistema de Informações sobre Mortalidade), da Secretaria de Estado de Saúde.

O número de mortes de motociclistas tem crescido assustadoramente. Neste ano, de janeiro a outubro, foram 36 casos de mortes no local, conforme dados do Detran e 42 somados no SIM, até o dia 6 de outubro.Em 2007 morreram no local do acidente 34 motociclistas no período de janeiro a outubro. Os motociclistas representam mais de 50% das vítimas do trânsito.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions