A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

27/07/2009 10:53

Na volta às aulas, alunos têm alerta sobre gripe suína

Redação

Na volta às aulas, os alunos serão alertados sobre sintomas e cuidados em relação à gripe A H1N1, a gripe suína, que tem seis casos confirmados em Mato Grosso do Sul e causou a morte de 33 pessoas no país.

Conforme a SED (Secretaria Estadual de Educação), todas as 362 escolas estaduais receberam comunicado sobre a doença. A orientação é para que os professores permaneçam atentos aos casos em que os alunos apresentem febre alta, tosse e dor de cabeça. Nestas circunstâncias, os pais dos estudantes serão avisados e o diretor deve encaminhar os alunos para atendimento médico.

As medidas, repassadas durante reunião com representantes da SES (Secretaria Estadual de Saúde) na última quinta-feira, incluem práticas simples, como evitar ambientes fechados, manter as mãos limpas e cobrir a boca com lenço ao espirrar.

A rede estadual de ensino possui 304 mil alunos. A maioria dos colégios retoma as aulas amanhã. Contudo, na escola estadual Lúcia Martins Coelho, em Campo Grande, os 2.500 alunos e 85 professores iniciaram o segundo semestre do ano letivo nesta segunda-feira.

De acordo com o diretor Adão Alves Monteiro, logo no início da aula, os alunos foram orientados sobre a gripe. Segundo ele, os docentes cumpriram o que foi repassado pela Secretaria de Educação.

"Os professores conversaram com alunos. Perguntaram se tinha alguém com gripe e pediram que eles ficassem atentos, principalmente, os que viajaram para o Sul", salienta o diretor. No Rio Grande do Sul, a nova gripe provocou 16 mortes.

Professora de biologia, Lílian Bueno espera contar com a boa vontade dos pais. Segundo ela, muitos pais se opõem a que o filho falte à aula quando está com gripe. "Muitos pais, até o semestre passado, não aceitavam que o filho ficasse em casa por causa de uma tosse", exemplifica.

O estudante Heyoan Leonardo Maiolino, de 16 anos, conta que se informa sobre a doença por meio da internet e da televisão. "Apóio as medidas tomadas pela escola".

Gripe e dengue - Em Campo Grande, a Reme (Rede Municipal de Ensino) e as escolas particulares devem retomar o ano letivo com a exibição de um vídeo. "O prefeito Nelsinho Trad gravou um clipe alertando sobre a gripe e a dengue. Já estamos nos preparando devido ao risco de epidemia de dengue", afirma a secretária municipal de Educação, Maria Cecília da Motta. Na Reme, 80 mil alunos retornam às aulas amanhã.

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) repassou ofício às escolas determinando cinco medidas: pessoas (alunos, professores e demais funcionários) que estiveram em outros países e no Rio Grande do Sul devem permanecer em casa por sete dias (período de transmissão do vírus); manutenção de boa ventilação nas salas de aula e demais dependências da escola; os alunos não devem compartilhar copos, talheres, toalhas, entre outros objetos pessoais; adoção de medidas de precaução de transmissão de gotículas, como lavagem frequente das mãos; em caso de suspeita de gripe, a escola deve orientar a pessoa para que retorne ao seu domicílio e procure assistência médica.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions