ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  23    CAMPO GRANDE 18º

Cidades

No HU, 4 pacientes têm quadro mais graves de gripe

Por Redação | 24/08/2009 17:41

Quatro casos suspeitos da nova gripe monitorados no HU (Hospital Universitário), em Campo Grande, são considerados os mais graves. São duas mulheres que tiveram o parto antecipado e dois adolescentes, segundo informações apuradas pelo Campo Grande News .

Uma mulher que estava na 35ª semana de gestação teve de antecipar o nascimento do filho, que está bem. Já a mãe, aguarda vaga para o CTI (Centro de Terapia Intensiva).

Após o parto, outra mulher foi encaminhada da Santa Casa ao HU, que é a unidade hospitalar referência no atendimento.

Um garoto de 16 anos também está no CTI desde a semana passada. Ele tem diabetes, situação que complica o quadro clínico.

A adolescente de 17 anos, que está no HU desde 15 de julho, continua no CTI. Exame laboratorial comprovou que ela teve gripe suína, como é conhecida a doença causada pelo vírus H1N1.

A garota já se livrou do vírus, porém, a doença deixou sequelas à adolescente. O pulmão está comprometido.

Os quatro pacientes correm risco de morrer.

Já a interna do presídio feminino Irmã Irma Zorzi, em Campo Grande, que foi transferida ao HU depois da morte de uma colega de cela com a suspeita da doença, já foi devolvida à penitenciária.

Em Mato Grosso do Sul, duas mortes foram causadas pela gripe suína. Estes são os únicos casos confirmados, um em Três Lagoas e outro em Dourados. Existem outras mortes por suspeita da nova gripe estão sob investigação.