A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/03/2016 21:57

Obras em ponte que ligará MS a SP devem ficar prontas neste semestre

Nyelder Rodrigues

O Governo Federal deve terminar nesse semestre as obras da ponte que liga Mato Grosso do Sul à São Paulo, na BR-262, em Três Lagoas - cidade localizada a 322 km de Campo Grande -, garantindo a passagem da rota bioceânica pelo Estado.

A garantia foi dada nessa quarta-feira (2) pelo ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues, em audiência com senadores e deputados federais em Brasília (DF), afastando boatos sobre possível mudança no traçado da rota.

A ponte tem 1.344 metros e mais 6.104 metros de acessos dos dois lados, e vai absorver o trânsito entre Três Lagoas e o município paulista de Castilho, com duas faixas de tráfego com 3,6 m de largura cada uma, além de acostamentos de 2,5 m de largura e passagem para pedestres.

Segundo o ministro, passado o período de chuvas, as obras da ponte deverão estar concluídas, com previsão de entrega no aniversário de Três Lagoas, dia 15 de junho. “Essa é uma garantia que posso dar aos senhores e à população local”, disse Rodrigues.

O Corredor Bioceânico é um dos projetos que visam a Integração da Infraestrutura Regional Sul-Americana (IIRSA), com cerca de 4 mil km de estradas que atravessarão o continente sul-americano no sentido Leste-Oeste, a partir do Porto de Santos, cortando a Bolívia e chegando aos portos chilenos de Arica e Iquique.

Os investimentos previstos no projeto serão financiados pela Corporação Andina de Fomento (CAF), pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pela União Europeia.

O trecho brasileiro já está pavimentado. Porém, carece de obras de recuperação e melhoria, para as quais estão previstos US$ 132,86 milhões.

A rota principal e mais tradicional é que passa por Corumbá. O ministro assegurou que é o traçado que interessa ao governo brasileiro.

Entre os participantes da audiência, estavam o os senadores sul-mato-grossenses Waldemir Moka e Simone Tebet (ambos PMDB), e os deputados federais Zeca do PT, Dagoberto Nogueira (PDT) e Carlos Marun (PMDB), além da subsecretária de Representação do Estado em Brasília, Cecília Freitas do Vale.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions