A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

30/04/2014 11:37

Ocupação "fecha" reitoria da UFMS e funcionários vão para outro prédio

Francisco Júnior
Estudantes permanecem acampados na reitoria. (Foto: Cleber Gellio)Estudantes permanecem acampados na reitoria. (Foto: Cleber Gellio)

A reitoria da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) não está funcionando nesta manhã (30), após um grupo de universitários invadir o prédio na noite desta terça-feira. Os funcionários estão trabalhando em outros prédios da universidade.

Os manifestantes montaram um acampamento no entorno do prédio e passaram a noite no local. Eles levaram barracas e mantimentos e, por meio do Facebook, convocaram apoio. Até um sofá foi levado pelos estudantes. O espaço é dividido com seguranças da instituição, que foram mandados em peso para a reitoria.

Depois de toda a confusão ocorrida na noite de ontem durante a ocupação, onde uma estudante acabou ferida, o clima é mais tranquilo. Alguns estudantes estão com a cabeça encoberta por panos e camisetas, no estilo black bloc. Um outro grupo passou a manhã entregando panfletos informando aos outros acadêmicos sobre a ocupação e os motivos da mesma.

Ontem, um dos coordenadores da instituição chegou a negociar com os estudantes, porém eles afirmam que não vão deixar o prédio enquanto as reivindicações não forem atendidas pela direção da universidade.

 

Manisfestantes invadiram a reitoria na noite de ontem. (Foto:Cleber Gellio)Manisfestantes invadiram a reitoria na noite de ontem. (Foto:Cleber Gellio)
Manifestantes afirmam que enquanto as reivindicações não forem atendidas eles não vão sair do prédio. (Foto: Cleber Gellio)Manifestantes afirmam que enquanto as reivindicações não forem atendidas eles não vão sair do prédio. (Foto: Cleber Gellio)

Na pauta de exigências dos manifestantes constam: retirada da grade do entorno do prédio da reitoria, que foi colocada após a última ocupação ocorrida em agosto do ano passado; moradia estudantil; transporte gratuito; atenção à saúde; inclusão digital e cultural; esporte; creche, apoio pedagógico; funcionamento no período noturno do restaurante universitário, entre outras reivindicações.

A assessoria de imprensa da UFMS informou que a reitoria está acompanhando de perto a ação dos estudantes, mas que ainda não recebeu nenhum documento dos manifestantes sobre as reivindicações deles e que não há previsão de um encontro entre a reitora, Célia Maria Silva Correa Oliveira, e os universitários.

Confusão – Na ocupação de ontem, uma estudante acabou ferida e precisou ser encaminhada para atendimento médico. Segundo uma das manifestantes, que não quis se identificar, a jovem precisou levar dez pontos na mão. Ele afirma que os seguranças agiram com truculência.

A última ocupação do prédio da reitoria aconteceu em agosto do ano passado e só terminou no mês seguinte após decisão judicial.



Hmmm! Deixa eu ver aqui:

- "...moradia estudantil; transporte gratuito; atenção à saúde; inclusão digital e cultural; esporte; creche, apoio pedagógico; funcionamento no período noturno do restaurante universitário, entre outras reivindicações."

- É realmente são coisa "urgentíssimas" que não podem permitir o prosseguimentos das aulas de jeito nenhum!
É lá na UFMS é um local de formação acadêmica, pessoas que conseguem acesso a universidade querem estudar e se formar em alguma profissão do seu ideal! Mas sem restaurante universitário funcionando a noite não vai dar! E sem creche também não! Quero uma casa pra morar! Transporte de graça! Computador! Professor de reforço! Eventos culturais! Esporte! Cerveja de graça!! Não peraí...!
 
Augusto C.G.Galvão em 30/04/2014 15:55:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions