A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

25/11/2014 14:13

Operação contra tráfico internacional de drogas prende 3 pessoas em MS

Caroline Maldonado
Durante as investigações foram presas em flagrante 16 pessoas e apreendidos 721 quilos de cocaína, um caminhão e aproximadamente R$ 400 mil e 400 mil dólares (Foto: Divulgação/Polícia Federal)Durante as investigações foram presas em flagrante 16 pessoas e apreendidos 721 quilos de cocaína, um caminhão e aproximadamente R$ 400 mil e 400 mil dólares (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

A Polícia Federal prendeu hoje (25) três pessoas de Mato Grosso do Sul, durante a Operação "Krull", deflagrada para desarticular quadrilha especializada em tráfico internacional de drogas. 

A operação cumpriu 16 mandados de prisão e 15 mandados de busca e apreensão em Minas Gerais, São Paulo e Goiás, além de Mato Grosso do Sul. Os presos responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de tráfico internacional de drogas e organização criminosa. Eles podem cumprir até 23 anos de reclusão, segundo a Polícia Federal.

Quadrilha – O grupo, investigado há uma ano, era chefiado por um dos principais fornecedores de drogas para o PCC (Primeiro Comando da Capital). A quadrilha adquiria cocaína na Bolívia e a trazia ao Brasil por meio de aeronaves. Eles utilizavam pistas de pouso nas divisas entre os estados de Minas Gerais e Goiás. A droga também era transportada por terra, entrando no país por Corumbá.

A droga era armazenada e, em seguida, transportada em veículos com compartimentos ocultos até os compradores finais em São Paulo e no Rio de Janeiro. Conforme a Polícia Federal, o pagamento era feito por envio ou coleta de dinheiro, em reais ou dólares; depósitos em contas bancárias próprias ou de terceiros ou por remessa de dólares por meio de casas de câmbio.

Ainda conforme divulgado pela Polícia Federal, durante as investigações foram presas em flagrante 16 pessoas e apreendidos 721 quilos de cocaína, um caminhão e aproximadamente R$ 400 mil e 400 mil dólares.

A Polícia Federal de Uberaba, que coordena a investigação não confirmou ainda, mas conforme a TV Morena, foram presos um comerciante, de 39 anos, em Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande, além da irmã dele e o cunhado, na Capital.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions