A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

05/06/2017 18:18

Operação da Receita apreende 86kg de maconha e R$ 60 mil em mercadorias

Luana Rodrigues
Droga apreendida durante operação. (Foto: Divulgação/ Receita Federal)Droga apreendida durante operação. (Foto: Divulgação/ Receita Federal)

Agentes da Receita Federal apreenderam 86,5 quilos de maconha, 99 munições, além de diversas mercadorias descaminhadas, avaliadas em R$ 60 mil. As apreensões foram nas regiões de Ponta Porã, Dourados e Nova Alvorada do Sul, durante mais uma etapa da operação ‘Muro alto’.

De acordo com a Receita Federal, foram apreendidos diversos volumes de artigos para narguilé, rifles de pressão, equipamentos eletrônicos, cosméticos, perfumes, rodas de bicicletas, celulares e acessórios, ferramentas e pneus.

Durante fiscalização no Posto Capeí, da Polícia Rodoviária Federal, em Ponta Porã, um veículo GM Celta, placas do Rio de Janeiro/RJ, foi abordado pelos servidores da Receita Federal. No interior do veículo, foram encontrados 86,5 quilos de maconha e 99 munições para pistola calibre .40, de uso restrito.

No momento da prisão, o condutor afirmou que levaria droga e munições até o Rio de Janeiro/RJ. O preso e a droga foram levados para a Polícia Federal em Ponta Porã – município distante cerca de 323 quilômetros de Campo Grande.

Operação - Iniciada no dia 22 de maio, a operação 'Muro alto' já apreendeu 16 veículos e R$ 438 mil em contrabando nas estradas da região sudoeste de Mato Grosso do Sul, na fronteira com o Paraguai.

Com a missão combater o contrabando e descaminho, a pirataria, o tráfico de drogas e de armas outros crimes fronteiriços na região, a operação apreendeu roupas, eletrônicos, equipamentos de informática, pneus e peças automotivas, além de 50 quilos de maconha e uma pequena quantidade de cocaína.

Conforme a assessoria do órgão federal, os servidores da Receita fazem rondas, patrulhas e barreiras fixas e móveis, trabalhando em turnos 24 horas por dia.

A operação conta com apoio logístico e de segurança da Polícia Rodoviária Federal e do Exército Brasileiro e não tem data marcada para encerramento, segundo a Receita. Nos últimos dias, o trabalho foi intensificado no Posto Capeí, na BR-463, onde funciona uma base da PRF, e estradas vicinais próximas a Ponta Porã.

Veículos transportando mercadorias de origem estrangeira e sem documentação comprovando de importação regular foram apreendidos. Segundo a Receita Federal, a maioria das apreensões envolve pneus, vestuário e eletrônicos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions