A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

30/03/2009 17:45

Pai de jovens acusados no caso Dudu nega envolvimento

Redação

O pai de 2 adolescentes apreendidos e de um jovem preso por envolvimento no caso Dudu nega qualquer envolvimento dos filhos no assassinato do menino. De um dia para o outro, o homem viu os cinco filhos apontados por participação no crime. O pai defende 'eles não viram e não ouviram nada' a respeito.

O desempregado Pedro de Souza, de 48 anos, afirma que o padrasto de Dudu, Aparecido Bispo da Silva, contou em depoimento que teria pago uma quantia em dinheiro aos adolescentes para que eles ajudassem no assassinato do menino. "Foi o pai de santo quem inventou isso. Tudo mentira", garante Pedro sobre as acusações feitas por Aparecido.

A casa onde a família mora é bem simples, fica na mesma quadra da mãe de Luís Eduardo, no Jardim das Hortênsias.

De acordo com o pai, estão presos o filho, que já cumpre medida socio-educativa em Unei e a filha de 16 anos. Roli de Souza, de 22 anos, também foi pego por participação no caso. Ele afirma ainda que os outros dois que estão soltos também são vistos como suspeitos. "Agora querem prender todo o mundo", reclama.

Pedro reclama que não teve acesso à identificação de testemunhas que teriam apontado o envolvimento da família. "Eu quero saber quem são as pessoas que estão falando isso", diz.

Sem conversa- Sobre o comportamento dos filhos, o homem conta que ficaram 'revoltados' após a morte da mãe por conta de um câncer, em dezembro de 2007. Quanto ao convívio, ele confessa que não havia diálogo em casa. "Eu não tenho tempo para conversar. Saio cedo para trabalhar", afirma o homem que faz apenas bicos, cobrindo folga de outros taxistas.

Apesar de negar o envolvimento dos filhos, o homem afirma que não sabe como proceder diante das acusações. "

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions