ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUARTA  18    CAMPO GRANDE 

Cidades

Pais reclamam que nova lei pesa no bolso

Por Redação | 12/05/2010 08:12

Prestes a entrar em vigor em junho, a determinação de que crianças até sete anos e meio deverão ser acomodadas em equipamento específico no banco de trás dos carros de passeio é alvo da reclamação de pais que, apesar de reconhecerem a segurança do procedimento, reclamam do custo do equipamento.

O preço da "cadeirinha" pode chegar a R$ 444,00 em Campo Grande. Já o valor do assento indicado para crianças de quatro a sete anos, que também será obrigatório, em alguns casos ultrapassa os R$ 200,00.

"Por ser obrigatório deveria ter um preço popular", avalia o professor Marcelo Rosa Garcia, de 35 anos, que pesquisa o preço do assento para o filho mais velho.

Ele já tem o "bebê conforto" para o caçula, mas terá que desembolsar com o equipamento para o outro filho. Para Garcia, o valor deveria ficar em torno de R$ 60,00 ou R$ 90,00. "

Nos siga no Google Notícias