A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

02/04/2015 23:38

Pantanal recebe Mundial de Corrida de Aventura com atletas de 25 países

Daniel Machado
Um total de 60 equipes e 240 atletas de 25 países irá desembarcar na Capital do Pantanal pela primeira vez. (Foto: Divulgação)Um total de 60 equipes e 240 atletas de 25 países irá desembarcar na Capital do Pantanal pela primeira vez. (Foto: Divulgação)

O Pantanal de Corumbá vai receber entre os dias 11 e 22 de Novembro de 2015, a etapa mundial de Corrida de Aventura.

Um total de 60 equipes e 240 atletas de 25 países irá desembarcar na Capital do Pantanal pela primeira vez e além da disputa que dará como premiação um total de U$ 75 mil dólares, terá um forte enfoque para a preservação ambiental e com a conscientização ecológica na preservação de um dos mais importantes biomas do planeta, reconhecido como Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera pela Unesco.

O destino escolhido pela ARWC (Adventure Race World Championship), inclui recantos quase intocados do Pantanal Sul-Mato-Grossense de difícil acesso até para os próprios pantaneiros que habitam as regiões ribeirinhas da reserva da Serra do Amolar.

O trajeto pantaneiro será a última etapa dos 700 quilômetros do Circuito Mundial de Corrida de Aventura e será retransmitido pela televisão e redes sociais em mais de 40 países, com alcance estimado em 1 milhão de pessoas ao redor do mundo.

“O evento vai dar uma visibilidade internacional para o nosso Pantanal, que será mostrado com o que temos de mais belo e mais atrativo para o mundo”, disse Ângelo Rabelo presidente do Instituto Homem Pantaneiro (IHP), organização não-governamental que integra a Rede de Proteção da Serra do Amolar e que promove o evento em parceria com a Liga Outdoor e a Prefeitura de Corumbá. “Recebemos também o apoio do senador Delcídio do Amaral e confirmaremos novas parcerias até novembro”, acrescentou Rabelo.

Modalidades - O campeonato terá sete dias de provas como o trekking, canoagem, montainbike e natação, em um percurso que inclui pontos turísticos de Corumbá e Ladário, regiões exóticas e preservadas do Pantanal, em um total de 700 km. A Estrada Parque, que liga Corumbá ao Pantanal da Nhecolândia, rota das comitivas boiadeiras, e o rio Paraguai são outros cenários naturais que compõem o circuito de provas.

“É uma prova de resistência considerada estratégica e de expedição, que contempla esportes ligados à natureza, com a preocupação permanente de preservação”, ressaltou Rabelo. “Vamos utilizar áreas protegidas, mas os atletas usarão apenas mochilas com kits de sobrevivência em esportes pautados pela contemplação, o silêncio, a superação dentro dos limites que a natureza do Pantanal vai impor a cada um”, acrescentou.

Fomentar o turismo de aventura em Corumbá e região é um dos propósitos do evento, que deve envolver cerca de 700 pessoas direta e indiretamente. Só o grupo de organização contará com 150 pessoas. Participarão equipes de quatro atletas, com inscrição em torno de 6 mil dólares para o Campeonato Mundial de Corrida de Aventura, que envolve a elite do esporte. Contará com o apoio do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, além da Fundação de Turismo de Corumbá.

Um dos melhores destinos selvagens do planeta - O Pantanal foi eleito em fevereiro deste ano o quarto melhor destino para contemplação de vida selvagem no mundo. A votação, promovida por um dos principais portais de notícias dos Estados Unidos, o USA Today, teve a participação de internautas do mundo todo durante quatro semanas.

A votação apontou Ilhas Galápagos, no Equador, em primeiro lugar, a Reserva Nacional Pacaya Samiria, no Peru, em segundo, e Costa Rica, em terceiro. O USA Today exalta, entre as qualidades do Pantanal, o fato de a região ter a mais densa concentração de vida selvagem no mundo, incluindo 10 milhões de jacarés, cerca de 700 espécies de aves e animais como anta, capivara, lobo-guará e a onça pintada, alguns, ameaçados de extinção. Por sua vez, Corumbá é classificada pelo Ministério do Turismo como um dos 65 destinos indutores do turismo brasileiro, e recebe, em média cerca de 214 mil turistas ao ano.

Com informações da Assessoria de Imprensa Instituto Homem Pantaneiro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions