A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

28/12/2009 11:32

Para engenheiro, faltou prevenção em trecho da Ceará

Redação

O desabamento do asfalto na rua Ceará, em Campo Grande, poderia ter tido menor proporção se o local passasse por manutenção preventiva. A análise é do engenheiro civil Edson Shimabukuro, do Crea/MS (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Mato Grosso do Sul).

Segundo ele, o trecho onde foi aberta a cratera, no sentido Uniderp/Anhanguera ao viaduto da avenida Afonso Pena, já tem histórico de ser um local crítico, devido à confluência das águas pluviais com o córrego Prosa, portanto, não basta apenas a manutenção corretiva.

"Em toda obra de engenharia é feita a previsão, com folga, da capacidade. Porém, em época de chuva, é preciso ter cuidado com a manutenção. E verificar se há avanço da erosão, o que diminui o risco de desabamento", reforça.

Ontem, durante a chuva, o talude (barranco) às margens da cachoeira do córrego Prosa caiu. Desta forma, o aterro desabou sobre a tubulação e a erosão chegou até à faixa amarela que divide os sentidos do fluxo de veículos na pista de rolamento.

Inicialmente, a Seintrha (Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação) fará obras emergenciais. Mas a solução definitiva depende que a tubulação, por onde passa o Prosa, seja reconstituída. A rua Ceará está interditada desde ontem.

No ano passado, o trecho que desabou passou por obras de drenagem, pois o declive, após a rua 15 de Novembro, sofria constantes alagamentos.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions