A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Janeiro de 2019

26/11/2018 06:40

Para leitores, Brasil substituirá facilmente cubanos do Mais Médicos

Liniker Ribeiro
Profissionais selecionados por meio do programa (Foto: Luciano Lanes/PMPA)Profissionais selecionados por meio do programa (Foto: Luciano Lanes/PMPA)

Mais da metade dos leitores do Campo Grande News acreditam que o Brasil não terá problemas para substituir os cubanos que atuavam no programa "Mais Médicos" em cidades brasileiras, após o fim do convênio entre os dois países.

Na enquete da semana, 62% dos participantes responderam acreditar que o país substituirá com facilidades os profissionais cubanos, contra 38% que opinaram não acreditar na facilidade do processo.

Desde 2013, o Mais Médicos atendeu 707 mil pessoas, em 45 cidades do Estado, de acordo com a SES (Secretaria de Estado de Saúde). Ao todo, 114 cubanos começaram a deixar MS no último dia 27 de novembro.

Corumbá com a atuação de mais médicos cubanos, total de 10. Dourados tem 9 e outros 11 foram destinados para atender o Distrito Sanitário Especial Indígena. Os atendimentos à população feitos por cubanos também ocorrerão em Alcinópolis, Amambai, Angélica, Antônio João, Aquidauana, Aral Moreira, Bandeirantes, Bataguassu, Bela Vila, Bonito, Brasilândia, Caracol, Chapadão do Sul, Corguinho, Coronel Sapucaia, Costa Rica e Coxim.

Os profissionais do país caribenho também atuaram em Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Eldorado, Figueirão, Glória de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Itaquiraí, Ivinhema, Itaporã, Jaraguari, Jardim, Jateí, Ladário, Mundo Novo, Nova Andradina, Paranhos, Pedro Gomes, Ribas do Rio Pardo, Rio Verde de Mato Grosso, Santa Rita do Pardo, São Gabriel do Oeste, Selvíria, Sete Quedas, Sonora e Tacuru.

Nova enquete - Agora o Campo Grande News quer saber a sua opinião sobre um novo assunto. Você mudou algum hábito em casa para evitar a proliferação do mosquito da dengue?

Estamos na Semana Nacional de Combate ao Mosquito Aedes Aegypty - transmissor de doenças como a chikungunya, zika e a dengue - e, até sexta-feira (30), Dia D da campanha, diversas ações serão realizadas em todos os municípios brasileiros.

Mega-Sena acumula e pode pagar até R$ 38 milhões na quarta
Ninguém acertou as seis dezenas da sorte na noite deste sábado (19) e o prêmio da Mega-Sena acumulou em R$ 38 milhões. O próximo sorteio está previst...
OMS lista as 10 principais ameaças para a saúde em 2019
Surtos de doenças preveníveis por vacinação, altas taxas de obesidade infantil e sedentarismo, além de impactos à saúde causados pela poluição, pelas...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions