A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

21/03/2014 13:05

Para reduzir temporários, Fetems cobra convocação de aprovados e concurso

Aline dos Santos

A Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) cobra a segunda chamada de aprovados em concurso público e a realização de nova seleção neste ano para reduzir o número de professores temporários no Estado.

Conforme auditoria do TCU (Tribunal de Contas da União), que avaliou a oferta e a qualidade do ensino médio no Brasi, 61% dos professores têm contrato temporário no Estado. O percentual fica acima do índice nacional, que é de 30%.

Por meio da assessoria de imprensa, a Fetems informou que sempre se posicionou a favor do concurso público, único meio de garantia da carreira e valorização dos profissionais. “Também achamos absurdos os dados do ano de 2012 do TCU”, salienta a federação.

No ano passado, foi realizado concurso público com 1.200 vagas. Agora, a categoria cobra do governo do Estado que faça segunda convocação ainda neste mês, além de novo concurso.

O levantamento mostra déficit de 625 profissionais com formação específica no Estado. A maioria é na disciplina de Física: 206. O mesmo cenário foi retratado no diagnóstico nacional.

Há um déficit estimado de 32.738 professores com formação específica nas disciplinas obrigatórias do ensino médio nas redes estaduais de educação em todo o Brasil. Física é a disciplina com maior déficit: mais de nove mil professores.

Segundo a Fetems, ao se formar, principalmente em disciplinas como a física, muitos optam por outras áreas de atuação, o que acarreta na situação levantada pela pesquisa.

O diagnóstico é resultado de trabalho realizado em sistema de colaboração entre o TCU e outros 28 tribunais de contas estaduais. O levantamento contou com 90 auditores e foram visitadas 580 escolas em todo o território nacional.

Em MS, 61% dos professores do ensino médio são temporários
Em Mato Grosso do Sul, 61% dos professores têm contratos temporários. Os dados são de auditoria do TCU (Tribunal de Contas da União), que avaliou a o...
UFGD oferece vagas em 36 cursos de graduação pelo Sisu
A UFGD (Universidade da Grande Dourados) está ofertando 944 vagas em 36 cursos de graduação para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada). As inscrições...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions