A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/07/2010 10:24

Passeata cobra abono a servidores em Corumbá

Redação

Os professores da rede municipal de Corumbá fizeram uma passeata na manhã de hoje pelas ruas da cidade cobrando a votação do abono salarial que depende de aprovação da Câmara de Vereadores para ser pago. Mas o poder legislativo entrou de recesso sem colocar o assunto em pauta.

Projeto de Lei da prefeitura cria auxílio alimentação de R$ 50,00 a R$ 150,00, dependendo da formação dos servidores da ativa da Prefeitura de Corumbá e de Bolsa Alimentação para aposentados e pensionistas, desde que não tenham recebido qualquer reajuste em 2010.

A proposta foi enviada em regime de urgência para a Câmara de Vereadores no dia 29 de junho.

Para o professor de matemática da rede municipal, Marcelo Camargo a não votação no projeto de lei foi um descaso por parte do legislativo. "Isso é uma falta de respeito com a nossa classe, simplesmente eles entraram de férias que não votam no nosso abono que faz tanto falta para todos nós. Votamos nesses vereadores e agora eles nos atendem com descaso. Isso é inadmissível", disse ao site Capital do Pantanal.

O 1º Secretário do Legislativo Corumbaense, o vereador Rufo Vinagre (PR) explicou que o projeto, legalmente, tem 45 dias para ser apreciado e votado pelas comissões. (Informações do Capital do Pantanal)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions