ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

Perícia acredita que cão que matou dono estava sem comer

Redação | 18/06/2010 09:45

Peritos que estiveram na casa onde o comerciante Fernando Jorge Paes, 44 anos, foi morto pelo próprio cachorro, no bairro Taquarussu, concluem que o animal estava sem alimentação e com fome, porque comeu partes do corpo.

O delegado da Depac (Delegacia Especializada de Pronto Atendimento Comunitário) Fernando Lopes Nogueira, afirma que no local foram encontrados medicamentos veterinários junto do corpo de Fernando.

Segundo ele, provavelmente o comerciante foi medicar o pit bull e o animal, estressado e com fome, o atacou. Parte do braço direito, peito do lado direito e da perna foram arrancados a mordidas.

Vizinhos disseram que escutaram latidos e barulho durante a noite e acionaram a Polícia Militar. A PM informou que mandou uma viatura ao local, mas como chamaram e ninguém atendeu e não constataram nada anormal, os policiais foram embora.

O corpo foi encontrado na manhã de hoje por um funcionário da loja do comerciante, a Fepar, localizada na Calógeras. Ele foi chamar Fernando e estranhando a demora subiu em uma construção vizinha e avistou o corpo.

Os bombeiros precisaram da ajuda de funcionários do CCZ (Centro de Controle de Zoonozes) para conter o cão.

Nos siga no Google Notícias