A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

28/05/2009 08:28

PF busca quadrilha que clonava cartões e invadia contas

Redação

Em 12 estados, incluindo Mato Grosso do Sul, a Polícia Federal deflagou hoje a Operação Trilha, contra uma quadrilha especializada em clonagem de cheques, de cartões de crédito e desvio de dinheiro de contas bancárias por meio da internet.

Aqui no Estado, a ação ocorre em Campo Grande, com 3 mandados de prisão e dois de busca e apreensão. Apenas uma pessoa foi presa e documentos apreendidos.

Segundo a PF, a operação é grande, com 691 policiais federais mobilizados para cumprir 120 mandados de prisão preventiva, 19 mandados de prisão temporária e 136 mandados de busca e apreensão.

A ordem foi expedida pelo juiz federal da 12ª Vara da Seção Judiciária do Distrito Federal e a primeira prisão ocorreu nos Estados Unidos.

"As investigações, iniciadas há cerca de um ano, revelaram que integrantes da quadrilha utilizavam programas para capturar senhas bancárias de correntistas de vários bancos. Estes programas eram disseminados por meio de mensagens eletrônicas falsas. Em outra modalidade, a quadrilha instalava câmeras nos terminais bancários para filmar a senha dos correntistas, ao mesmo tempo em que outro dispositivo clonava os dados do cartão", escalrece a Polícia Federal em nota.

O esquema também envolvia contas laranjas, criadas para receberem transferências de valores das vítimas que compravam produtos pela internet e realizavam pagamentos de boletos bancários.

Os presos serão indiciados pelos crimes de formação de quadrilha, furto qualificado mediante fraude, tentativa de furto e estelionato.

No Brasil, a operação é realizada nos seguintes locais: Maranhão - São Luis;

Minas Gerais - Belo Horizonte, Araguari e Tupaciguara; Mato Grosso - Várzea Grande; Pará - Redenção e Canaã dos Carajás; Paraná - Londrina; Rio de Janeiro -Volta Redonda; Santa Catarina - Camboriú; Rondônia - Paraíso e Ouro Preto do Oeste; São Paulo - São Paulo, Campinas, São José do Rio Preto e Araras;

Tocantins - Araguaína e Augustinópolis; Goiás - Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Caldas Novas, Trindade, Senador Canedo, Goianira e Itaberaí; e também no Distrito Federal.

No dia 23 de maio, o segurança da agência bancária do Unibanco da Cândido Mariano, no centro de Campo Grande, localizou um equipamento de clonagem de dados, conectado ao caixa eletrônico.

Um notebook e um aparelho de telefone celular conectados ao caixa eletrônico faziam a cópia de dados.

A Polícia Federal não esclareceu se existe ligação entre o caso e a operação desencadeada hoje.

Governo altera datas de teste de aptidão física em concurso da Polícia Civil
  Foram alteradas as datas para realização da avaliação de aptidão física dos candidatos que continuam a participar do conurso público para escrivão ...
Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions