A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Outubro de 2017

30/07/2009 14:41

PF indicia 73 pessoas nas operações Owari e Brothers

Redação

A Polícia Federal indiciou 73 pessoas por fraudes em licitações públicas, corrupção de servidores municipais, formação de quadrilha, entre outros crimes, praticados em municípios da região de Dourados e Ponta Porã. A CGU (Controladoria Geral da União) foi acionada para investigar os processos licitatórios sob suspeita.

O delegado Bráulio Galloni, responsável pelo inquérito, indiciou 60 pessoas na Operação Owari, que significa ponto final em japonês, e 13 na Operação Brothers. Os dois inquéritos foram concluídos nesta quinta-feira, mas os nomes dos indiciados não foram divulgados.

O empresário Sizuo Uemura, o principal alvo da Operação Owari, é acusado de comandar um grande esquema de corrupção e fraude nas licitações. Por envolvimento nas irregularidades, a PF prendeu nove integrantes da prefeitura de Dourados, incluindo secretários municipais e o vice-prefeito, Carlinhos Cantor (PR). Eles pediram demissão após o escândalo.

Brohters - Já a Operação Brothers foi desencadeada para desarticular o esquema montado pelos irmãos Everaldo e Eduarte Dias Leite, donos da empresas que exploram os serviços de limpeza pública, da coleta do lixo, do transporte e limpeza dos prédios da prefeitura de Dourados.

Durante a investigação, a PF constatou ligação entre os irmãos e o empresário Sizuo Uemura. Gravações mostram influência do grupo em licitações e na assinatura de contratos de prestação de serviços na prefeitura de Dourados, Ponta Porã e outros municípios da região.

MPE

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions