A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

21/05/2010 14:19

PF nega ação violenta contra policiais de Araçatuba

Redação

Em nota oficial divulgada há pouco, a Polícia Federal afirma que a ação de abordagem realizada pelos agentes de Três Lagoas contra os policiais civis de Araçatuba (SP) não foi feita de maneira violenta.

"Não houve agressões pessoais e ofensas proferidas por nenhum dos policiais de nenhuma das três forças que compunham a equipe mista de abordagem", diz a nota, que relata como foi desenvolvida a ação. As três forças envolvidas são PF, PRF (Polícia Rodoviária Federal) e PM (Polícia Militar).

A força policial barrou um veículo que vinha de Corumbá com investigadores e José Antonio Scatolin, acusado de participar de um racha em Araçatuba que acabou vitimando o filho de um juiz.

No carro, segundo a nota da PF, havia três armas longas, o que confirmava a denúncia de que supostos bandidos estariam traficando armas da Bolívia para São Paulo.

O veículo dos policiais civis foi avistado pela primeira vez em Água Clara, mas só foram parados em Três Lagoas por conta da alta velocidade. Após a abordagem, os integrantes do veículo foram orientados a deitar no chão para revista, sendo conduzidos para dentro do posto da PRF.

Durante a confusão para identificar os policiais civis, um agente federal efetuou um disparo acidental, ferindo a própria mão. A nota da PF não cita se os policiais civis e os repórteres que acompanhavam a ação de busca de Scatolin foram algemados.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions