A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018

12/07/2008 08:37

PF vê tráfico de influência na venda da Brasil Telecom

Redação

Relatório da PF (Polícia Federal) sobre a Operação Satiagraha, que culminou na prisão do banqueiro Daniel Dantas, vê irregularidades na venda da Brasil Telecom para a Oi. 

Segundo o relatório, o advogado Luiz Eduardo Greenhalgh, quatro vezes eleito deputado federal (1987-2007) pelo PT, fez "tráfico de influência" e "lobby" com a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, em favor de Dantas.

O compromisso de venda da Brasil Telecom foi assinado em 25 de abril. Na transação, Dantas, que era um dos acionistas da Oi, recebeu mais de US$ 1 bilhão por sua parte na empresa telefônica.

O relatório do delegado Protógenes Queiroz, de 26 de junho, afirma que a participação de Greenhalgh foi "fundamental na criação da Supertele, gentilmente elogiada por todos do grupo, em especial pelo cabeça da organização, D. Dantas".

O ex-deputado, aponta ainda, transitava na ante-sala do gabinete da Presidência da República,

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions